Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
12 Dezembro 2012
Homenagem ao prefeito

 

 

 

O presidente da Fetrancesc -Federação das Empresas Transportadoras de Cargas do Estado de  Santa Catarina -,Pedro Lopes, fará uma homenagem amanhã, às 14 horas, ao prefeito Renato Nunes de Oliveira.

Motivo: doação de terreno e incentivos pelo Município para que a entidade implante em Lages uma unidade do Sest/Senat, obra que deverá iniciar em breve.

O ato acontecerá no gabinete do prefeito.

12 Dezembro 2012
Janete volta à região

 

mini.php_1.jpg

Depois do sucesso no mês de Julho em Lages, Roger Andrade agora leva a divertida "Janete Babuína" para Curitibanos neste domingo, dia 16. A apresentação do espetáculo protagonizado pela atriz global Thalita Carauta promete divertir muito os moradores da cidade vizinha. Roger diz que este é o começo dos muitos espetáculos que pretende trazer para mini-turneés pela região.

Local: Pinheiro Tênis Clube, às 19hs.
Produção local: Roger Andrade.

Última atualização em Quarta, 12 de Dezembro de 2012 10:59
11 Dezembro 2012
Lageano se destaca no Inter

 

alisson_campe__o.jpg

 

Foto da comemoração do time do juvenil do Inter campeão brasileiro sub 17,domingo, contra o Grêmio.

 

Nilton Wolff lembra que o time tem um titular lageano: o Alisson Farias que está em destaque na foto.

 

Foto: Guilherme Araújo.

11 Dezembro 2012
Prêmio de jornalismo ambiental

 

 

 

 TV do Legislativo Lageano é uma das finalistas do 5º Premio de Jornalismo Ambiental da Fatma, na categoria TV. O material, que leva o título “O exemplo socioambiental de Vacaria”, foi produzido por Taina Borges e pelo cinegrafista Alessandro Carrer. 

 

O jornalista Thomas Michel, do jornal Correio Lageano, é outro representante da região de Lages na final do concurso. Ele concorre na categoria impresso. 

11 Dezembro 2012
Não falta água, diz Appolinário

 

 

 

O vereador Anilton Freitas apresentou pedido de informação no qual questiona Executivo sobre a falta de água nos bairro Bela Vista e Prómorar.

 

Anilton quer saber se foi ampliada a rede de abastecimento dos bairros a instalação do condomínio residencial Valentim Lisboa Anacleto, o Residencial Tozzo. Questiona também sobre qual o prazo que a secretaria competente tem para regularizar o abastecimento.

 

Antecipando a resposta, o parlamentar Adilson Appolinário disse que já conversou com o secretário da Semasa, Jonas Alberto Ferreira, a respeito dessa situação.  Com o trabalho de ampliação da rede, a capacidade de armazenamento de água já se aproxima 95%.

“Está tudo funcionando com o investindo feito. Esperamos que continue assim para que não ocorra a falta de água como em anos anteriores”, diz o vereador.

11 Dezembro 2012
Parecer do assessor jurídico

 

O assessor jurídico da Câmara de Vereadores, Edson Medeiros, forneceu  parecer solicitado pela Comissão de Constituição e Justiça relativa a matéria do executivo solicitando autorização para o parcelamento da dívida do LagesPrevi.

 

Veja o que ele colocou após fazer as devidas justificativas:

 

Desta forma, demonstrado fica, que o Poder Legislativo, jamaispoderá pactuar ou ainda, convalidar ato administrativo procedido pelos gestores do Poder Executivo ou das autarquias do município, contra a probidade e legalidade que devem reger todos os atos da administração pública.

Assim, torna-se o Projeto de Lei 130/2012, ato espúrio do ponto de vista legal, uma vez que a apreciação e aprovação da autorização pleiteada, pelo Poder Legislativo, estaria convalidando o ato administrativo tipificado como crime pela norma legal vigente (Código Penal art. 168-A).

Ainda mais, o Poder Legislativo não deve se prestar a esta forma de convalidação ou partilhamento de responsabilidade espúria, mas no princípio legal esculpido no art. 37 da Constituição Federal, zelar da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência dos atos administrativos.

Também se inclui no presente parecer, recomendação aos senhores edis, quanto à fiscalização dos atos administrativos do poder executivo e suas autarquias, devendo para tanto, estes procederem diligencias no sentido de apurar responsabilidades dos gestores municipais e do LAGESPREVI, que tem por força de Lei Complementar 154/2001, em seu art. 33, obrigatoriedade de fiscalização, comunicando tais fatos ao Ministério Público, Tribunal de Contas ou ainda se valendo dos meios de fiscalização legal do Poder Legislativo, para  fim de sanar tal ilícito penal, bem como regularizar a situação financeiro do Instituto.

 

Assim sendo somos de PARECER que o presente Projeto de Lei 130/2012, não preenche os princípios de constitucionalidade e legalidade para sua tramitação, RECOMENDANDO a Douta Comissão de Constituição e Justiça, seja o mesmo ARQUIVADO na Comissão, sustando a sua tramitação.

Lages, 10 de dezembro de 2012.

 

 

 

Edson Luis Medeiros

OAB/SC 11028

 

Última atualização em Terça, 11 de Dezembro de 2012 16:40
11 Dezembro 2012
A Árvore dos Desejos

 

 

A cada ano que passa, aumenta a participação da comunidade no projeto da Árvore dos Desejos, levado adiante pelo 6º ano consecutivo pela CDL.

 

DSC_0195.JPG

Foto: Loreno Siega

 

Até agora foram colocadas na árvore mais de 800 pedidos.

Na triagem que é feita pela CDL não são aceitos pedidos duplicados ou triplicados para uma mesma criança ou pessoa. “Tem gente que escreve 10 cartinhas com pedidos diferentes”, explica a relações públicas da instituição, Patrícia Córdova.

Última atualização em Terça, 11 de Dezembro de 2012 12:44
11 Dezembro 2012
Obras estão mesmo paradas

 

Quando o vereador Marcius Machado questionou sobre as obras que estão sendo executadas nas escolas estaduais, não foi sem razão.

 

Conforme o Correio Lageano constatou, três dos sete ginásios de esportes que estão sendo construídos em Lages estão com as obras paradas. Na escola Visconde de Cairú, faltam nove dias para acabar o contrato de construção e está ainda na fundação. Essas obras etão paradas desde agosto.

 

Segundo o secretário Regional, as obras não estão paradas, houve apenas a redução no repasse da verba.

 

Mas, em função dessa demora nas obras, muitos dos contratos vão precisar ser  retificados.

 

Parece que apenas na escola Melvin Jones as obras estão andando.

 

 

 

Com relação às obras nas escolas:

Não é só na escola Melvin Jones que as obras estão andando normalmente. As construnções dos ginásios de Flodoardo Cabral, Jorge Augusto da Silveira e Nossa Senhora do Rosário, e as reformas gerais de Cora Batalha, Maria Quitéria, Zulmira Auta da Silva e Lúcia Fernandes Lopes também estão acontecendo dentro do previsto. As obras de três ginásios estão atrasadas, mas em breve as empreiteiras irão acelerar o ritmo.   



Fábio Ramos
Assessor de Imprensa da SDR Lages

Última atualização em Terça, 11 de Dezembro de 2012 18:25
11 Dezembro 2012
De novo a falta de água

 

 

Iniciou a temporada da falta de água. Tenha período chuvoso ou não, todo o ano é a mesma coisa: chega no final do ano começa o drama.

 

O ex-secretário da Semasa, Joel Oliveira já tinha dito qual é o problema: falta de investimento na captação e distribuição.

 

É outra coisa que essa administração ficará devendo.

11 Dezembro 2012
Sobre a falta de projetos para busca de recursos

 

 

Amiga Olivete,

Três exemplos sobre o CED-Conselho Estadual de Desporto e os recursos do FUNDESPORTE:

A ASSOCIAÇÃO DE HANDEBOL HANDLAGES (PRESIDENTE PROF MARCOS - Cel. 99249799) apresentou Projeto junto ao Fundesporte, no valor de 40mil reais.

A ASSOCIAÇÃO LAGEANA DE VOLEI (PRESIDENTE PROFESSOR LEONARDO BERTONI - 91089075) apresentou dois projetos, nos valores respectivos de 22 e 18 mil.

Os três projetos somavam 80 mil reais.

Foram analisados e aprovados pelo CED - Conselho Estadual de Esportes, sem restrições, dentro do prazo, tramite e demais exigências que o site (SEITEC) exige.

Mesmo assim, não foram liquidados até o dia de hoje (acabo de falar com ambos os Presidentes), sem justificativa pelo Governo do Estado, que garantiu que não serão mais pagos em 2012.

Enquanto isso foi aprovado 1,7milhão para a Corrida de Kart do Felipe Massa (evento onde tudo é cobrado, desde estacionamento a 40,00, ingresso, etc) Corrida de Barcos (Ocean Racing, no valor milionário).

Bom, para resumir, foram aprovados 83 milhões de reais para o esporte de SC em 2012. Desse valor, 80% foram para 9 cidades (sempre as mesmas, capital e litoral).

Os Cleptocratas do CED fazem esforço para aprovar os projetos que seus afilhados apresentam. É um grupo de amigos que legisla e decide em causa própria. Sua extinção em nada faria falta a Lages e demais municípios do interior, que nunca tiveram representatividade junto ao grupo fechado.

De Lages, sei apenas, ainda de maneira informal, que o Caça e Tiro conseguiu captar recurso junto ao Fundesporte (sugiro que entre em contato com o Presidente Capela sobre valores e se foram aprovados e liquidados).

Nossa entidade não apresenta projetos para o CED aprovar desde 2009, pelas razões expostas acima. Mesma alegação do basquete, volei feminino, Tênis de Mesa, Judô, Atletismo, entre outras.

Gostaria que refletisse o seguinte: Numa cidade tão pobre como Lages, quem de nós, operários do esporte, iria abrir mão de recursos, significativos como foi dito, se fossem assim tão fáceis. Revelo a você as razões disso. Querem de fato que Lages continue a apresentar Projetos, mas meramente para figurar, estatística e continuar privilegiando os de sempre.

Fale sobre o assunto com o Professor Mestre Nilso Ouriques (autor no livro A Miséria do Esporte) Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  e saberá bem como funciona a "lógica" do CED, FESPORTE e demais órgãos que enriquecem seus membros com o suor dos esportistas.

Espero que esses três exemplos mostrem o mito das facilidades dos recursos do estado. Você deve lembrar da minha solitária luta contra este conspurcado órgão desde que passaram rasteira em Lages, na escolha dos nomes do Prêmio Mérito Esportivo de Santa Catarina (Troféu Gustavo Kuerten) em 2009, onde o Mestre Alfeu Junior Varela Bueno venceu votação popular promovida por eles mesmo e nunca divulgaram os números, passando o prêmio para um atleta de Blumenau (de onde é o Presidente do CED, Sergio Galdino).

Essas Associações que citei já tenho autorização deles para divulgar (por isso enviei os números de telefone).

Em seguida enviarei um e-mail denúncia do próprio Presidente do CED, reforçando denúncia.

Queremos recurso, pois todas as entidades esportivas de Lages são carentes e deixar a imagem que somos indolentes, desorganizados e que a culpa da falta de recursos é nossa e não dos Papas do Esporte de SC é de uma submissão inaceitável para quem convive com atletas e seus incontáveis esforços...

Todos os meus posicionamentos poderiam ser corroborados ou refutados, se a entidade tivesse informações atualizadas, divulgação das Atas e transparência em suas resoluções (acesse o site www.ced.sc.gov.br e constate a maneira de  divulgação deles.

Att.

Marco Aurélio Zaror Cordeiro