Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
16 Janeiro 2019
Mais reclamações a respeito do atendimento da UBS do Vila Mariza

Pertenço a essa unidade, já reclamei bastante,tenho doença crônica,sou cardíaca, meu neto usa bombinha e nunca consegui nada lá, pois um dia fui lá disse que ia denunciar a agente de saúde e a unidade de saúde. moro no Panorâmico ,e não consigo caminhar muito. O SAMU já veio me socorrer algumas vezes. Não adianta reclamar pois trabalho na prefeitura serviços gerais tô de atestado,consulta lá é critico.

Lúcia Lima

16 Janeiro 2019
Prefeita e vice de Palmeira nomeiam a irmã e a mulher para compor secretariado

O vice-prefeito de Palmeira, Sandro Macelai exonerou a secretária de Educação Viviane Matteucci Zanqueta para colocar sua esposa Alexandra no lugar. A prefeita Fernanda Córdova também chamou sua irmã, Fran Córdova para chefe de gabinete.

São casos explícitos de nepotismo. Mas, pelo visto, aqui na Serra esta lei não tem eficácia, em Painel, o prefeito chamou também sua filha paranomear a filha, Aline Cristina da Silva Arruda, para secretária da Administração e Finanças. Não tenho conhecimento de que o Ministério Público tenha tomado alguma medida para cumprimento da lei.

15 Janeiro 2019
Paciente conta sua versão a respeito do casa da UBS da Vila Mariza. Desmente agressão

Fabricio Abreu

Agredida??? Engraçado nao contaram o nosso lado da história.
Estou aqui através do facebook do meu filho , levei ele no posto de atendimento do vila mariza porque ele estava com falta de ar a noite toda e palpitação no coração. 
Na hora do atendimento a enfermeira disse que ele estava melhor do que elas .
Caso eu quisesse voltar amanhã porque não era prioridade .
Chegamos lá 7:30 da manhã e saímos 12:10 , 
Na hora da consulta ela passou todos os outros pacientes na nossa frente, fomos os últimos a serem atendidos .
Entrando no consultório fui tentar explicar o que ele estava sentindo, simplesmente ela me interrompeu dizendo que quem tinha que fazer o diagnóstico era ela que tinha diploma de medicina e não eu .
Tentei mais uma vez pedir um raio x e ela disse que nao podia fazer raio x a " cada meia hora" mas ele tem 17 anos e nunca fez um raio X na vida .
Disseram que foram agredidas por nós dois .
Primeiro lugar: meu filho nao estava em condições de agredir ninguém 
Simplesmente eu joguei um grampeador em cima da mesa .
Se coloquem no meu lugar de mãe , o filho fica praticamente a noite inteira tossindo com falta de ar e chega na unidade basica de saude e vc é tratado como um lixo só porque depende do SUS sendo que o salario dela é pago com nossos impostos .
Todos os outros pacientes que estavam lá reclamaram do atendimento dela , mas quando você toma uma atitude num momento de raiva por ser menosprezado por uma doutora mal educada simplesmente te fazem parecer um criminoso ?????
Só quem é mãe verdadeira entende que quando seu filho está doente e depende de um profissional que sequer merece merece ser chamado de profissional .
Se quiserem avisar a doutora Juliana Stefani estou a disposição das autoridades e contar a minha versão .

Última atualização em Terça, 15 de Janeiro de 2019 20:31
15 Janeiro 2019
Aloísio fica também como gerente de Regulação

479cdc2a_b16d_4fb9_9a92_3141c6be78e1.jpg

Aloísio Piroli que continua na gerência Regional dca Saúde também responde como gerente Macrorregional de Regulação, por determinação do governador Carlos Moisés.

15 Janeiro 2019
Médica e enfermeira da UBS do Vila Mariza foram agredidas.É um alerta para o problema

08247c4e_c330_41ed_a61d_53a6d8b8270e.jpg

Hoje pela manhã, a médica e a enfermeira que atendem na Unidade Básica de Saúde do bairro Vila Mariza foram agredidas porque não quizeram atender o medido da paciente que exegia a realização exames.

52d50da6-b67e-4214-b607-9a3a038baebb_1.jpg

Os sinais da agressão no consultório da médica.

Hoje ainda eu havia postado matéria falando do pedido do Sindserv para que se tome providências, pois são muitos os casos der agressão aos funcionários da prefeitura, especialmente os agentes comunitários.

É hora da prefeitura verificar de perto o que está havendo, pois casos isolados são até admissíveis. Quando são muitos os registros é provável que haja problema no sistema.

9540b735_9213_417d_87c1_b234c14aefcf.jpg

Por determinação da Secretária da Saúde, Odila Waldrick, as unidades de saúde fecharam por uma hora, em protesto pelas agressões.

Leia matéria expedida pela prefeitura:

Uma ação da Secretaria Municipal da Saúde em sinal de protesto e que busca a conscientização da população foi realizada na tarde desta terça-feira (15 de janeiro). Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município fecharam as portas para o atendimento ao público das 15h30 às 17 horas.

De acordo com a secretária municipal da Saúde Odila Waldrich, os casos de agressões aos servidores municipais da Saúde vêm aumentando nos últimos meses, principalmente nas Unidades de Saúde. O mais recente foi registrado, nesta terça-feira (15) no bairro Vila Mariza. “As agressões são verbais e agora físicas. Em todos os casos estamos registrando o Boletim de Ocorrência para que as autoridades policiais possam investigar e punir os agressores”, explica Odila.

 

Outros serviços, com exceção do Pronto Atendimento Tito Bianchini, também pararam das 15h30 às 16 horas. Todos os servidores destes setores afetados pelos protestos permaneceram em seus locais de trabalho, não realizado o atendimento normal destas repartições públicas até estes horários. “Somos seres humanos. Trabalhamos para oferecer um serviço humanizado e de qualidade. Não é na agressão que vamos resolver os problemas da saúde pública”, salienta a secretária.

Última atualização em Terça, 15 de Janeiro de 2019 20:24
15 Janeiro 2019
Família de Miguelzinho faz protesto junto ao Fórum

a29342a3_0b3e_47fe_85a7_87778e3190b4.jpg

A família de Miguelzinho e amigos estiveram hoje fazendo um ato de protesto junto ao Fórum da comarca por causa da negativa do juiz na concessão de remédio para o tratamento da doença do menino que hoje está com 2 anos e meio e precisa deste tratamento urgente para combater uma doença degenerativa.

No ano passado o Tribunal de Justiça deferiu o pedido de fornecimento do remédio pelo estado, mas o juiz da comarca local, de primeira instância,  indeferiu, reformulando a sentença. A família quer que se cumpra a determinação do Tribunal.

15 Janeiro 2019
Jair protocola denúncia de mais uma caso de nepotismo na prefeitura

Bomba.jpg

Desta vez é contra o suplente de vereador e executivo da Habitação, Ênio do Vime e esposa.

Leia a denúncia protocolada por Jair:

a82d6263_1c90_4ea8_a2e5_21f0fb12b685.jpg

Última atualização em Terça, 15 de Janeiro de 2019 19:51
15 Janeiro 2019
A crise gerada dentro do PSL e a posse da nova executiva

A nota divulgada pela assessorial de Lucas Esmeraldino com respeiyo a crise gerada cvom o pedido de dissoluçãio da executiva estadual do PSL:

 

"Este é um momento de transição, união e jamais de divisão. Seguiremos com serenidade e responsabilidade, construindo um PSL/SC forte. Nossa primeira proposição neste novo ciclo é que o PSL catarinense NÃO utilize o fundo partidário, como todos nós sempre defendemos, possibilitando que esses valores (públicos) sejam aplicados na saúde, segurança, educação e na infraestrutura, para a população."

Deputados federais anunciaram a posse da nova executiva:

"Após a vitoriosa trajetória dos candidatos do PSL nas eleições de 2018 – fruto do trabalho das bases e das lideranças de direita-, o presidente estadual do partido, Lucas Esmeraldino, firmou compromisso para debater em 2019 a formação da nova Executiva Estadual do PSL.  Ocorre que em dezembro de 2018, quebrando a palavra de forma personalista e sigilosa, Lucas ESCOLHEU TODOS os membros da executiva estadual ligados de alguma forma a seus interesses particulares. De maneira nada republicana, Lucas enviou a Brasília o documento com a suposta executiva visando um único interesse: ter o controle absoluto do partido em Santa Catarina." Depois de ouvir as bases, unicamente em defesa da ética e daqueles que não têm voz, decidimos agir. É por não admitir que projetos particulares de poder se perpetuem que decidimos nos opor frontalmente a este ensaio de ditadura e controle absoluto dentro do partido. Como deputados federais, protocolamos um documento na sede do PSL Nacional. Para o bem do PSL/SC, do espírito republicano e da moralidade que deve sempre nortear a condução do partido, o pedido foi aceito.  Uma nova executiva provisória será composta. Em conversa pessoal em Brasília com o vice-presidente Rueda - e por via telefônica com o presidente do PSL nacional, Luciano Bivar - ficou acordado que nos próximos dias ele virá a SC para dialogar e montar uma nova executiva provisória, com a participação de todos, inclusive do atual presidente, haverá finalmente o debate, de forma democrática e transparente. Com essa notícia, comunicamos que o objetivo de atender as bases e tornar o PSL democrático novamente foi cumprido. Por último e não menos importante: a AÇÃO proposta por nós sempre teve caráter PROVISÓRIO e não definitivo. A partir de agora, com o compromisso do PSL Nacional, trabalharemos pelo consenso.

 – Caroline De Toni, Coronel Armando e Daniel Freitas.

15 Janeiro 2019
Idoso que estuprava sobrinha foi condenado a 23 anos de detenção

Um homem de 71 anos, denunciado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) na Comarca de Lages, foi condenado a 23 anos e seis meses de prisão por estupro de vulnerável e posse ilegal de arma de fogo. O estupro de vulnerável ocorre quando a vítima tem menos de 14 anos, como no caso em questão, ou por enfermidade ou deficiência mental não tem o necessário discernimento ou não pode oferecer resistência para a prática do ato.

Do acordo com a denúncia da Promotoria de Justiça em Lages, o fato que ocorreu em dezembro de 2017, em um ponto de ônibus do Bairro Penha, com exposição pública da vítima, na época com 10 anos. 

O acusado é tio da criança, morava no interior de uma cidade vizinha e frequentava a casa dos parentes toda semana. Para atrair a menina, ele a convidava para ir ao mercado e lhe dava doces e presentes. Segundo o Ministério Público, o idoso abusava da vítima desde 2014.

O Juízo da Comarca de Lages considerou procedente a ação do MPSC e aplicou a pena de 22 anos e seis meses para o crime de estupro de vulnerável, com as atenuantes de réu ter mais de 70 anos e confessado espontaneamente, e mais um ano pelo de posse ilegal de arma de fogo. O homem está preso desde março de 2018 e deverá cumprir a pena em regime inicial fechado.

15 Janeiro 2019
Empresas tiram pinus e danificam as estradas do interior

 

Neste final de semana estive no interior, mais propriamente na localidade de Segredo, na região acima de Lambedor. Alí estão tirando pinus e saem caminhões pesadíssimos de três eixos carregados de toras, danificando a estrada. E não param mesmo no final de semana.

Alerta para o secretário da Agricultura, Osvaldo Uncini e seu diretor Polaco para dar uma passada por lá para ver o estrago e cobrar da empresa que mantenha a estrada em boas condições.

Início  |  « Anterior12345678910Próximo »  |   Fim