Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

lages.png

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
19 Abril 2017
Declaração da presidente Aidamar

AiedamarHoffer.jpg

“Extinguimos 10 cargos comissionados. É preciso ter coragem para fazer isso!”

A presidente da Câmara de Lages, Aidamar Hoffer, ao falar sobre o projeto legislativo aprovado pela Câmara para extinguir os cargos visando atender um TAC do Ministério da Justiça. Destes 10 cargos estariam também os seis assessores referentes às três cadeiras que foram extintas nesta legislatura.

 

19 Abril 2017
Ao invés de R$ 18 milhões, revitalização do Mercado Público deve ficar em R$ 10 milhões

unnamed_13.jpg

A Secretaria de Planejamento e Obras solicitou aos autores do projeto de revitalização do Mercado público, Vitor Zanatta e Vinicius Figueiredo, algumas adequações para reduzir o custo da obra.

Dos R$ 18 milhões previstos para execução do projeto, a Prefeitura dispõe de R$ 10 milhões através do governo do Estado (Inicialmente se dizia que a redução seria de R$  2 milhões e que o custo previsto era de R$ 10 milhões), segundo o que coloca o secretário de Obras.

Secretário Bortoluzzi explica sobre as mudanças: “são detalhes que na atual conjuntura encarecem muito o projeto, mas a intenção é seguir a proposta elaborada por eles. Assim que estivermos de acordo será lançado o edital de licitação.” 

Foto: Marcelo Pakinha

Última atualização em Quarta, 19 de Abril de 2017 13:56
19 Abril 2017
Inventário das árvores da faixa de domínio da BR 282 ainda está sendo licitado

unnamed_11.jpg

 

 O Diretor Executivo do DNIT em Brasília,  Halpher Luiggi Mônico Rosa  disse que a BR 282 foi a primeira do Brasil a ter um inventário florestal. Se referia a licitação para fazer o levantamento das árvores da faixa de domínio do Dnit ao longo da rodovia entre Lages a Bom Retiro que deverá estar concluída nos próximos 15 dias.

Não citou que foi por determinação do Ministério Público Federal que este processo está andando.

Foi feita a licitação, o inventário nem foi iniciado e só depois disso é que será licitada a empresa que fará o corte. Portanto, vai demorar!

19 Abril 2017
Vereador fica indignado com a falta de resposta ao seu questionamento sobre o preço dos combustíveis

Lucas3.JPG

O vereador Lucas Neves ocupou a tribuna, na sessão da Câmara ontem, para demonstrar sua indignação pelo fato de que, tanto o Procon como a Associação dos Revendedores de Combustíveis, terem simplesmente ignorado seu pedido de informação a respeito dos preços dos combustíveis com diferenças gritantes de um local para o outro.

Outro dia conversei com o coordenador do Procom, Júlio Borba, que dizia não caber ao Procon fazer o papel de regularização do preço praticado na venda do combustível uma vez que os postos estão livres para venderem seu produto ao preço que desejarem. Só interviria se estivessem praticando crimes de cartel, etc...

Ele até verificou o caso do posto de Rio do Sul que estava vendendo combustível bem abaixo do praticado em Lages e que foi citado pelo vereador Lucas. Disse ele que aquele posto estava fazendo uma promoção para ver ser  ampliava suas vendas. E isso não é ilegal.

Mas, concordo que a indagação do vereador não podia deixar de ser respondida.

Última atualização em Quarta, 19 de Abril de 2017 14:07
19 Abril 2017
Prefeito melhora a proposta, concedendo mais 0,43% de reajuste aos servidores

 

 

Ontem (18) o prefeito Antônio Ceron e o secretário de administração e do Progem conversaram por mais de duas horas com os representantes do Sindserv, tentando negociar uma saída para o impasse diante da rejeição da proposta de reajuste proposta pela prefeitura na semana passada.

 

Na tentativa de acertar a questão o mais rápido possível, o prefeito melhorou a proposta:

Ao invés dos 6,54% parcelado em cinco vezes, será então em quatro, sendo que no quinto mês será aplicado na folha do servidor um ganho real de 0,43%.

Também melhorou com relação ao vale alimentação: ao invés do reajuste de 20%, passa a ser de 25%.

Esta nova proposta será colocada aos servidores na assembleia de hoje, no teatro Marajoara.

Última atualização em Quarta, 19 de Abril de 2017 13:09
19 Abril 2017
Críticas da imprensa estadual pela estratégia de Colombo de só dar entrevista em Brasília

Visor.jpg

Coluna Visor de de Rafael Martini

Críticas a estratégia de só fazer declaração à imprensa de Brasília. Se negou a falar para a imprensa catarinense e muito mais ainda para a imprensa lageana que o governador já confessou uma vez que não tem expressividade.

 

Bahia.jpg

Em Brasília, o governador convoca a imprensa  e contrata advogados de defesa.

Segundo Carolina Bahia, se o STJ decidir pela abertura de inquérito, os investigadores irão seguir o rastro dos R$ 17,1 milhões que a Odebrecht diz ter repassado a Colombo.

Questionado sobre os efeitos das delações na campanha ao Senado em 2018, Colombo disse:

-"Arranha a imagem, não tem como. Mas isso nós ainda vamos avaliar. Nem sou tão apaixonado por Brasília assim."

 

Upiara.jpg

Segundo Upiara, que acompanhou a cobertura das delações em Brasília, a estratégia do governador "ajuda em sua própria desconstrução"

moacir.jpg

Para o colunista Moacir Pereira, "Brasília não é o melhor palco para os esclarecimentos", onde o nível de perguntas dos jornalistas serem menos detalhistas por estarem no centro do furacão.

Lembra que mais que a população brasileira, o governador deve uma explicação ao povo catarinense.

Última atualização em Quarta, 19 de Abril de 2017 16:21
18 Abril 2017
Em Brasília, Colombo confirma encontro com executivos da Odebrecht e diz que está pronto para esclarecer os fatos

 

Antes de participar de audiência na Secretaria do Tesouro Nacional, na tarde desta terça (18), o governador Raimundo Colombo se manifestou sobre as acusações por parte de executivos da Odebrecht, em entrevista à jornalistas de Brasilia.
 
19151547.jpg
 
"Nós vamos esclarecer todos os fatos, ponto por ponto, e vamos continuar nosso trabalho com muita fé, com muita coragem, para SC se desenvolver e continuar enfrentando a crise com sucesso e vencendo as dificuldades. É um momento difícil, de dor e sofrimento, mas a gente precisa ter força, aumentar a nossa fé, para continuar prestando serviço. Até porque a vida dos trabalhadores continua e eles precisam que a gente cumpra o nosso dever perante a gestão pública. Vamos continuar trabalhando até o último dia para realizar o melhor trabalho e com a mesma intensidade", declarou.
 
Colombo ressaltou que ainda não tinha acesso ao processo, portanto não conhecia as informações oficiais da acusação.
 
Um advogado contratado pelo governador já está acompanhando os trâmites legais. Mas somente se a denúncia não for arquivada e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidir abrir o inquérito para investigação, o governador poderá fazer uma defesa formal para qualquer acusação apresentada.
 
09_08_2016_21_17_04_foto_1_colombo.jpg
 
"Se houver abertura de inquérito, não há  desonra nisso. Vamos esclarecer os fatos, levar toda a contraprova, levar todos os nossos argumentos. Eu não sei como é que isso vai tramitar, mas eu estou à inteira disposição para esclarecer todos os fatos como é do meu dever e farei isso", afirmou Colombo.
 
Colombo explicou que chegou a encontrar executivos a Odebrecht, uma vez em um aeroporto em São Paulo, e outras em reuniões com outros empresários e representantes do governo catarinense em Florianópolis.
 
"O Governo do Estado recebeu centenas de empresas, do Brasil e do exterior, e todas foram bem recebidas. Sempre estávamos acompanhados de mais gente do governo para tratar de assuntos que fossem importantes, e tivemos sucesso em muitos dessas reuniões. A Odebrecht era uma das maiores empresas do Brasil e o fato de recebê-las era um ato absolutamente normal e praticado pelo governo com todas as outras, inclusive do próprio setor. O mais importante de tudo é que o Governo do Estado não vendeu nenhuma ação da Casan para a Odebrecht, não tem contrato com a Odebrecht, não realizou nenhum pagamento para eles", garante Colombo.
 
Em relação ao interesse da Odebrecht pela Casan, o governador voltou a afirmar que nunca houve qualquer negociação no sentido de vender a estatal catarinense para o grupo empresarial. Quando assumiu o primeiro mandato como governador, chegou-se a criar uma lei prevendo que qualquer processo de venda da estatal deveria ocorrer obrigatoriamente por leilão na bolsa, o que evitaria qualquer tipo de favorecimento.
 
No entanto, diante de significativas dívidas trabalhistas e previdenciárias da Casan registradas na época, o Governo do Estado descartou a possibilidade de venda. Nos anos seguintes, com os financiamentos obtidos para novas obras a serem realizadas pela Casan, a ideia de venda foi completamente abandonada. 
 
18 Abril 2017
Casan vai executar obras de saneamento em Anita Garibaldi

unnamed_10.jpg

O prefeito de Anita Garibaldi, João Cidinei da Silva assinou, hoje (18) à tarde,  convênio com a  Casan para a execução do saneamento básico na rua que corta o centro de município, da rodovia SC 390. Trata-se da rodovia que liga Anita a Vargem.

São 1.700 metros de rua, que feito o saneamento, o governo do estado, através do Deinfra, garante o asfaltamento. Promessa do governador Colombo.

Só foi possível firmar o convênio com a Casan, porque a prefeitura de Anita acaba de quitar seus débitos e obteve a certidão negativa. Agora também estará habilitada a receber recursos do Fundam.

No ato desta tarde estavam presentes o presidente do Deinfra, Wanderley Agustini, o presidente da Casan, Walter Galina, a prefeita de Palmeira, Fernanda Córdova e o o Selênio, do Cisama da Amures.

Foto: Oneris Lopes

Última atualização em Terça, 18 de Abril de 2017 19:29
18 Abril 2017
Encaminhamentos de SC e RS para a federalização do caminhos da Neve

federalizxa_____o.jpg

Um encontro em breve, do governador de SC Raimundo Colombo com o governador do RS, Ivo Sartori deverá decidir o futuro das obras estruturantes da rodovia Caminhos da Neve, que liga São Joaquim a Bom Jesus – RS.

Foi o que se decidiu em reunião na manhã desta segunda-feira (17), no auditório da ADR de São Joaquim. 

Também ficou encaminhada uma reunião técnica entre Deinfra e equipe da Secretaria de Planejamento do Rio Grande do Sul para discutirem as melhores alternativas para a ligação asfáltica dos 74 quilômetros entre São Joaquim e Bom Jesus.

A deputada federal Carmen Zanotto assumiu o compromisso de agendar um encontro entre as bancadas parlamentares catarinense e gaúcha.

unnamed_9.jpg

Participaram também da reunião, a secretária executiva da ADR São Joaquim, Solange Scortegagna Pagani, o prefeito de São Joaquim Giovani Nunes, o presidente da Amures prefeito de Otacílio Costa Luiz Carlos Xavier e a assessora parlamentar Lucila Maggi representante do deputado federal gaúcho Alceu Moreira, que defende a federalização da rodovia.

 

15 quilômetros já pavimentados

 

Murilo Flores explicou que Santa Catarina tem realizado investimentos pesados em rodovias e que nos últimos cinco anos, mais de R$ 15 milhões foram injetados na pavimentação aproximada de 15 quilômetros da rodovia Caminhos da Neve. E frisou que um novo convênio está assinado para execução de mais cinco quilômetros, com investimentos de mais de R$ 9 milhões.


Fotos: Oneris Lopes 

Última atualização em Terça, 18 de Abril de 2017 17:51
18 Abril 2017
Jean Pierre fez uma série de perguntas para a direção do Hospital Infantil

infantil.jpg

O questionamento é do vereador Jean Pierre Ezequiel. Diz ele que esteve na unidade e havia apenas um médico atendendo e ainda estava com os alunos de medicina.

A informação é de que esta área da pediatria é a que conta com o menor número de profissionais atuando.

Acho interessante o levantamento destas informações, mesmo porque acompanhamos que há muitas queixas com relação ao atendimento neste hospital.

Início  |  « Anterior12345678910Próximo »  |   Fim