Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

lages.png

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
18 Abril 2017
David quer saber se a prefeitura vai limpar as casinhas e retirar as fezes dos cachorros das praças

Pedido de informação apresentado pelo vereador David Moro na sessão de segunda-feira:

Davidpedido.jpg

Como o vereador descreve no pedido, sua preocupação é com relação a proliferação de doenças em função da instalação das casinhas dos cachorros instaladas nas praças. Observou ele que esses animais assumiram os locais como seu habitat natural. Ali dormem, comem, defecam....

Com o pedido, David quer saber até que ponto a prefeitura está comprometida com a vigilância e limperza dos locais e se há conscientização quanto aos riscos que isso trás à população.

Este pedido gerou uma longa discussão na sessão de ontem e os vereadores concluiram que o assunto não pode se resumir a vigiar e limpar estes locais. Será preciso especialmente: a castração em massa e a colocação de chip em todos os animais domésticos. Assim, de fato, se terá o controle.

18 Abril 2017
Serginho é diplomado em Bom Jardim da Serra

Diplomação_1.jpg

Serginho Rodrigues de Oliveira, do PTB, foi diplomado hoje, pela justiça Eleitoral de São Joaquim, que tem jurisdição sobre Bom Jardim da Serra, como candidato vitorioso no pleito extraordinário. Assume a prefeitura a partir de 1º de maio.

A eleição aconteceu no dia 2 de abril.

Serginho Rodrigues de Oliveira (PTB) foi eleito com 50,85% dos votos válidos. Ele assume em parceria com Lourival Amaral (PSDB) como   vice-prefeito. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC), foram 1.613 votos contra 1.559 do candidato Pedro Ostetto.

Foto de Wagner Urbano/ TV ON JACK

 

18 Abril 2017
Pacientes já internados aguardando o cateterismo serão atendidos. Solução para o impasse ainda será construída

 

Ontem (17) a deputada Carmen Zanotto teve uma reunião com representantes do hospital Nossa Senhora dos Prazeres e dos governos municipal e estadual, da Amures e da Cardiolages para discutir a questão do cateterismo cardíaco que estava sendo coberto através de convênio com o Estado desde 2011, e que foi recentemente sustado.

 

Durante a o próximo final de semana deverá ser realizada uma nova reunião para encontrar um caminho para que o procedimento possa continuar sendo oferecido.

carmen.jpg

Segundo a deputada houve um encaminhamento muito bom, com soluções imediatas que foi a de realizar o procedimento nos pacientes que já estão internados no HNSP.  Mas a solução do problema é mais complexo:

“Na prática nos precisamos buscar aquilo que já vem sendo discutido há bastante tempo que são todos os procedimentos da cardiologia que vão desde a consulta até a cirurgia cardíaca. Isso ainda não aconteceu porque temos falta de leitos da UTI, precisamos que a ala nova no Hospital Tereza Ramos seja concluída para que possamos ter mais leitos (serão mais 30). Estamos fazendo então este encaminhamento mais imediato que é retomar os procedimentos que já vinham sendo feitos, pelo menos o cateterismo”, disse Carmen.

 

O serviço foi cancelado porque o estado parou de repassar os recursos para a Cardiolages e agora o que se busca e garantir os recursos para isso. A referência de atendimento desta área para os pacientes de Lages e região ainda é o hospital de Rio do Sul e para lá estarão sendo encaminhados os pacientes que precisam do cateterismo cardíaco até que venha uma solução para este impasse.

 

18 Abril 2017
PR em peso foi prestigiar o deputado Jorginho

As lideranças do PR aqui na Serra compareceram em peso na entrega da ordem de serviço das passarelas para prestigiar o deputado Jorginho Melo que junto com a deputada Carmen Zanotto trabalhou pela concretização destas obras.

EliasIvanildo.jpg

O vereador Ivanildo Pereira acompanhou até o fim, na companhia do atual presidente local do PR, Elias Küster.

 

unnamed_7.jpg

Lá também estava a coordenadora regional, Stela Salvador, do ex-vereador Marcius Machado e os prefeitos do partido na região.

Prefeitos (2)_1.jpg

Lá estavam as duas mulheres eleitas na região: Milena Andersen Lopes Becher, do município de Vargem e Fernanda Córdova, de Palmeira, além de João Cidinei da Silva, prefeito de Anita Garibaldi.

18 Abril 2017
Só neste mês Anita Garibaldi passou a receber o repasse do FPM

 

A maioria das prefeituras passou de liso pelos 100 dias de gestão sem alardear os feitos, porque pouco conseguiram fazer além de pagar as dívidas e começar a arrumar a casa. Foram poucas que se atreveram a formalizar e divulgar um balanço de atividades.

CelsoRog__rio.jpg

A administração de Celso Rogério Ribeiro, de Correia Pinto foi uma delas, mas é bom lembrar que recebeu uma prefeitura com a finanças bem equilibradas.

De todos os 18 municípios da Serra, de longe a pior situação – proporcionalmente a sua receita - era de Anita Garibaldi. E nem se pode culpar o prefeito anterior, porque Ivonir Fernandes já tinha recebido em sua situação terrível, começando por ter de atender um termo de ajuste de conduta que engessou a administração por vários meses, sem contar a ameaça de cassação por conta de atos de seu vice, durante a campanha. Não conseguiu avançar nos quatro anos e entregou a prefeitura ainda pior do que recebeu.

Só não fechou as portas literalmente, porque vinha usando os recursos dos royalties das usinas para cobrir a folha de pagamento dos servidores e pequenos compromissos financeiros.

 

unnamed_6.jpg

 

O próprio prefeito atual, João Cidinei da Silva diz que ainda está só pagando dívidas. Mas,o que é importante: está pagando! Anita Garibaldi já foi citada, em Brasília, como um dos piores exemplos de administração no Brasil.

A prefeitura estava até com retenção do Fundo de Participação dos Municípios – FPM, na fonte.  Neste mês recebeu a primeira das parcelas, pois mais de R$ 3.5 milhões ficaram retidos nesse período.

 

Junto à Receita Federal a dívida era de R$ 3.5 milhões. Com o Badesc mais R$ 1.6 milhão. A dívida total da prefeitura em janeiro chegava quase R$ 10 milhões. Ainda deve R$ 4 milhões que estão sendo negociados com os credores.

“Tem mais dívidas que estão aparecendo e calculamos mais R$ 1 milhão nessa condição”, disse o prefeito.

Para poder melhorar as finanças da administração e sanear as dívidas, João Cidinei, para começar, não contratou nenhum comissionado até agora e chamou os funcionários efetivos para ocupar as secretarias. 

 

18 Abril 2017
A federalização da rodovia Caminhos da Neve

 

O governo trabalha a possibilidade de federalização da estrada Caminhos da Neve, já que esta rodovia, em pavimentação, passa por dois estados, SC e RS, tendo 29 quilômetros apenas no lado catarinense, cujas obras estão sendo executadas pelo 1º Batalhão Ferroviário.

 

Obra_Caminhos_da_Neve.jpg

Segundo o que colocou a deputada Carmen Zanotto que está acompanhando o processo, o impasse para que isso ocorra é com relação as obras que hoje estão sendo tocadas pelo governo catarinense. O governo federal não sinalizou com o comprometimento de assumir as obras, mas se está trabalhando para isso.

18 Abril 2017
Vereador pede a implantação de uma unidade do Ceasa em Lages

 

Osni01.jpg

Como proprietário de uma mercearia, o vereador Osni Freitas conhece bem os problemas de quem trabalha com isso. Por esta razão ele está solicitando ao secretário estadual da Agricultura a instalação de uma unidade do Ceasa em Lages.

Atualmente existem três Ceasas no estado: em Blumenau, São José e Tubarão. “A Serra e o Oeste são desassistidas deste aparato público”, queixa-se ele. 

18 Abril 2017
Pinheiro foi convidado a ingressar no PSB

 

Pinheiro.jpg

“A única verdade é que muitos partidos têm falado comigo, mas neste momento a ideia é permanecer no PSDB”.

Isso foi o que me respondeu o executivo do Turismo, Luís Carlos Pinheiro, ao ser indagado se realmente estava com um pé no PSB, do ex-vereador Mário Hoeller de Souza, hoje secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo. Mas, outros tucanos mais chegados confirmam que as conversações ocorreram e que se isso realmente acontecer seria uma decisão isolada.

 

18 Abril 2017
Ceron conversa novamente com o Sindserv para negociar reajuste

O prefeito Antônio Ceron conversou ontem com o presidente do Sindserv, o Agenor Nori, que está convocando uma nova assembleia para amanhã, quarta-feira, para submeter novamente a proposta à apreciação dos servidores.

Ceron.jpg

Ceron conversou na tentativa de salvar a proposta porque considera que foi a melhor dos 295 municípios de SC. Só a incorporação do abono já é um ganha significativo, no entendimento do prefeito.

Ele deve conversar novamente hoje com o Nori, na tentativa de fazer com que se aprove a proposta que ficou no “Limite do bom senso e da legalidade”, diz ele.

O objetivo do Sindserv é obter uma contraproposta na conversa que terá hoje. E o prefeito quer é acertar, tentando fechar a negociação para que seja possível a reposição ainda na folha de abril. Se não for possível promete que o reajuste será retroativo a abril.

Segundo o que Ceron informou hoje ao comunicador Jones Paulo, estará ausente de Lages de quarta-feira até sexta.

Vai ao Mato Grosso visitar familiares de um de seus irmãos que faleceu recentemente.

 

Última atualização em Terça, 18 de Abril de 2017 11:48
18 Abril 2017
20 quilômetros de terceiras pistas na BR 282, sendo que seis na região de Lages

Uma questão que ganhou espaço na solenidade do Dnit, nesta segunda-feira foi a construção de terceiras faixas ao longo da BR 282, assim como a concessão da rodovia.

 

Conforme observou o diretor Executivo do Dnit, Ralf Rosa, a questão da concessão da rodovia está apenas começando. E como ressaltou a deputada Carmen Zanotto, é bom destacar que “não existe concessão sem debate público”, tranquilizando a todos.

 

O prefeito Antônio Ceron questionou se este projeto de privatização da rodovia estava sendo tratado em conjunto com a concessão da BR 470 e obteve a informação que será em separado. A preocupação é para que seja feito em conjunto porque se concedida em separado, o pedágio da BR 282 ficaria muito alto (é estabelecido conforme o fluxo de veículos).

 

Mas, conforme Ralf, e também o diretor do Departamento de Concessões do Ministério dos Transportes, Fábio de Freitas, também presente ao ato do Dnit, por esta razão é que se está prevendo a construção das terceiras pistas em vários trechos que totalizam 20 quilômetros na BR 282, entre Lages e Palhoça, e obras em 43 pontos críticos ao longo deste mesmo trecho, antes de rodovia ir a leilão para a concessão. Com essas obras já realizadas será então possível negociar o pedágio mais baixo.

3faixas.jpg

Os locais em que as terceiras faixas serão construídas. Na região de Lages serão dois trechos, um de quatro e outros de dois quilômetros, seis no total

A construção destas terceiras pistas teria um custo de R$ 30,5 milhões e a solução dos pontos críticos outros R$ 41 milhões.

 

Mas agora é preciso buscar os recursos para as obras que já teriam uma previsão de cronograma de execução a partir deste ano.

unnamed_5.jpg

A sugestão do deputada Carmen foi a de convocar as lideranças empresariais e políticas, para levar o pleito ao Fórum Parlamentar Catarinense para que canalizem as emendas do orçamento da União para esta obra, viabilizando assim sua execução.

Início  |  « Anterior12345678910Próximo »  |   Fim