Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
10 Janeiro 2019
União passa por problemas com o corte de ajuda financeira

A União das Associações de Moradores vai manter as portas fechadas neste mês de janeiro e em fevereiro, o presidente Tita irá verificar se o prefeito Ceron vai repassar recursos para pagar as despesas atrasadas.

Tita.jpg

Se isso não acontecer é possível que nem reabra mais. Ocorre que o prefeito vinha designando certa de R$ 2 mil de seus vencimentos, mas no mês de dezembro não foi repassado e em janeiro ele está em férias, portanto não tem garantia de que continuará repassando.

10 Janeiro 2019
Em busca da identidade econômica de Lages

A prefeitura contratou uma empresa de Florianópolis (Glóbulo) para fazer o estudo em busca de uma marca da cidade.

O prefeito em exercício, Juliano Polese está à frente deste projeto e cita entre outras coisas os cinco eixos que norteiam o estudo: turismo, comércio, tecnologia e inovação, metalomecânica, madeira e agronegócio e acrescenta a eles mais um: saúde.

Lages.jpg

No meu entendimento se são muitas as áreas que poderiam dar uma marca a Lages é porque não tem nenhuma.

Esta proposta parte da ideia que Lages ainda não tem sua identidade econômica, como São Joaquim, por exemplo, que recebeu agora o título de Capital Nacional da Maçã.

Pelo contrário! Tem sua identidade e ela precisam apenas se melhor trabalhados. Lages sempre foi conhecida pela qualidade de sua genética na área da pecuária. A produção de animais de alta qualidade genética é sua marca.

expo.jpg

Não podemos esquecer que foi pioneira na venda de sêmen, ainda na década de 1980, da cabana Cinco em Flor, do famoso pecuarista Al Neto. Vendia até para a Europa os sêmens do seu rebanho charolês, raça aperfeiçoada aqui.

Ao que parece, na cabeça de nossas autoridades, ter na pecuária o seu grande potencial econômico é ficar preso ao passado.

O que precisamos é canalizar os esforços para este modelo. Temos de trabalhar o turismo e a tecnologia produzida aqui a serviço da pecuária. Casando as iniciativas já existentes, visto que o turismo rural também precisa ser realimentado e revisitado para se oferecer alternativas diferentes. Foi pioneira no turismo rural, mas parou no tempo porque não conseguiu agregar nada ao projeto inicial.

A marca de Lages continua sendo a pecuária e está ai a Expolages para comprovar isso. Em segundo lugar é a madeira, com as nossas belas araucárias e as grandes áreas de reflorestamento.

O estudo a ser feito tem de ser focado não na identificação da marca, mas nas ações para explorar seu potencial.

10 Janeiro 2019
Por que o exército não foi contratado para pavimentar as ruas de Lages?

O 1.º Batalhão Ferroviário de Lages será o responsável pela duplicação da BR 116 nos 50 quilômetros do trecho entre Porto Alegre a Tapes.

O contrato foi assinado entre o Dnit e a unidade do Exército de Lages.

Aliás esta unidade realiza diversas obras em SC e em outros estados. Embora com promessa de campanha, a prefeitura não acertou até hoje a contratação do exército para a pavimentação das ruas.

 

Última atualização em Quinta, 10 de Janeiro de 2019 15:29
10 Janeiro 2019
Diretora esclarece a respeito do atendimento psicológico feito pelo SUS
Bom dia Olivete!!!
Diante da matéria publicada em seu blog sobre a redução dos atendimentos psicológicos, viemos esclarecer que as clínicas de Psicologia são prestadoras de serviço e precisam realizar o faturamento da nota junto à Secretaria Municipal de Saúde, referente aos atendimentos do mês. São ofertados pelos prestadores um atendimento por semana, por paciente, quando autorizávamos  10 sessões o prestador tinha que aguardar dois meses ou mais para enviar ao faturamento, assim, o prestador não conseguia faturar as guias de atendimento em tempo hábil apesar de já ter realizado os atendimentos do mês porque deveria atender ainda as demais sessões do mês seguinte. Gostaríamos de salientar que não houve redução de atendimento e sim uma adequação nas autorizações, pois ao término das 5 sessões o paciente pode  autorizar mais 5 assim dando continuidade ao tratamento até que se encerre. 
Ressaltamos ainda que esta foi uma decisão de reunião de colegiado da Secretaria Municipal de Saúde e não uma decisão arbitrária da Secretária Municipal Odila Waldrich.
 
Francine Formiga
Diretora de Atenção Básica
10 Janeiro 2019
Agentes comunitários são agredidos e o Sindserv publica nota a respeito
10 Janeiro 2019
Comentário de Jacinto Bet ao desabafo de Hernani Vieira por estar incluído na lista dos chatos 2018

Sem_t__tulo.jpg

Nem sabia que Jacinto não está mais em Lages. Faz falta!

Esta segunda lista estrá chamando atenção não pelos nomes nela incluídos. A grande curiosidade é saber quem a elaborou.

10 Janeiro 2019
Moradores pedem socorro porque estão engolindo pó

418ee31e_6f69_422d_84a0_487f73f3babe.jpg

Cansados de pedir para a prefeitura, moradores do trecho sem asfalto da av. 1º de maio, no bairro da Varzea resolveram colocar uma faixa pedimndo socorro.

Eles lembram que nesta via há um intenso movimento de caminhões e pedem que se não tem como asfaltar, desvie o trânsito do local. Há que se ressaltar que neste trecho também passa a linha de ônibus coletivo. Poderiam colocar pelo menos um anti-pó.

10 Janeiro 2019
Águia 4 está em atividade e atendeu emergência na tarde de quarta-feira
a1daf8f9_360f_4381_8793_6c921b05f73a.jpg
 
"Informamos que na tarde de hoje, a equipe do Águia 4 foi acionada pelo SAMU para realizar transporte aeromédico de uma criança de 10 anos que apresentava traumatismo cranioencefálico (TCE) grave, devido a queda de bicicleta, de São Joaquim para Lages.  
 
O primeiro suporte foi prestado pelo Corpo de Bombeiros Militar do município que conduziu o paciente até o hospital da cidade onde, após avaliação médica, foi confirmada a gravidade da situação,  necessitando rápido transporte até um centro de referência. 
 
Com apoio da equipe médica do SAMU que, com médico, enfermeiro e equipamentos  especiais a bordo transformam a aeronave em uma espécie de "UTI aérea", o pequeno paciente foi conduzido até Lages (Hospital Infantil Seara do Bem) em apenas 18 minutos, sendo que por solo o tempo estimado seria de aproximadamente 1 hora, tempo este que pode fazer total diferença no sucesso de seu tratamento e reabilitação. 
 
"VOAR PARA SERVIR"
 
Comando da 5ª Cia de Aviação
Última atualização em Quinta, 10 de Janeiro de 2019 11:31
09 Janeiro 2019
Secretária reduz atendimentos psicológicos

 Funcionário do setor de Saúde da prefeitura de Lages está informando que hoje a secretária Odila Waldrick reduziu pela metade os atendimentos psicológicos dos pacientes do SUS

"Não estão levando em conta que o quadro clínico do pessoal vai piorar e o pior fazem tudo sem ao menos ver a necessidade, estão passando por cima até dos médicos, pois a ordem foi passada para o pessoal dos postos de saúde", conta o servidor.

09 Janeiro 2019
Deputados pedem a destituição do presidente do PSL em SC

“Diante dos mais recentes acontecimentos envolvendo a direção e a condução do PSL em Santa Catarina, os deputados federais eleitos que subscrevem, depois de ouvir o clamor da base da sigla e também de militantes pró-Bolsonaro, manifestam discordância e estranheza acerca de alguns fatos.

Os parlamentares discordam veementemente da forma como foi “definida” a nova executiva estadual do PSL. No apagar das luzes de 2018, sem critérios, sem diálogo e de forma personalista. Os nomes foram escolhidos pelo presidente estadual da sigla, de forma unilateral.

Um líder partidário deve dialogar com a base para que disponha de legitimidade e, assim, tenha capacidade de mobilização da militância, de lideranças regionais e de eleitos. Isso não está acontecendo. Muito embora reafirmamos total apoio ao governador Carlos Moisés da Silva, eleito com a maior votação da história de Santa Catarina, os parlamentares não concordam a exclusão da base das decisões do rumo do PSL catarinense.

O grupo entende que os eleitos, suplentes, filiados e militantes precisam estar sintonizados com o projeto partidário claro e abrangente, projeto que este que precisa estar sintonizado com o Presidente da República, Jair Bolsonaro.

Ademais, o atual presidente estadual do PSL assumiu uma Secretaria importante no novo governo estadual e dificilmente conseguirá dedicar o tempo que a administração do partido merece e necessita neste momento tão delicado de transição política no Estado e no país.

Diante do exposto, e também de outras questões internas que ameaçam a estabilidade e o futuro do PSL catarinense, na forma como fora concebido, os deputados e líderes aqui nominados solicitam a imediata substituição da comissão provisória estadual de Santa Catarina, a ser composta da seguinte maneira:

Presidente: Caroline Rodrigues De Toni  Vice-Presidente: Luiz Armando Schroeder Reis  Secretário-geral: Daniel Costa de Freitas  Primeiro-Secretário: Suelen Lara dos Santos  Tesoureiro-Geral:  José Carlos Carvalho Lucas  Primeiro-tesoureiro: João Vitor dos Santos Cechinel  Vogal: Edgar Lopes  Vogal: Julia Zanatta Vogal: Júlio Cesar Lopes Vogal: Marcelo Marcel Franco José da Silva Vogal: Rutinéia Rossi

Por fim, os deputados federais eleitos abaixo assinados ficam à disposição para fornecer o rol completo de documentos dos novos membros integrantes da executiva estadual provisória do PSL-SC.

Termos em que pedem deferimento. Brasília-DF, 9 de janeiro de 2019.

 

Este documento foi assinado por três dos quatro deputados federais eleitos pelo PSL em Santa Catarina está requerendo do presidente nacional do partido, Luciano Bivar, a destituição da Executiva em Santa Catarina, presidida por Lucas Esmeraldino.

 

Início  |  « Anterior12345678910Próximo »  |   Fim