Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

lages.png

 

unnamed_21.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
Trânsito será desviado para a execução das obras da SC 114

unnamed_2.jpg

Reunião entre a ADR, Deinfra, Polícia Militar Rodoviária, Klabin Papéis e as empresas do consórcio que executa as obras da SC 114, entre Lages e Otacílio Costa  nesta quarta-feira, discutiu algumas ações em andamento por conta das obras de reconstrução da rodovia.

O concreto já foi colocado numa extensão de quatro quilômetros da rodovia,  entre a BR-282 e a Pousada Rural do Sesc. Em mais 60 dias chega ao posto da Polícia Rodoviária, em Palmeira. E é partir de então serão colocadas algumas restrições quanto ao trânsito na rodovia.

ponto.jpgO  trânsito local de automóveis, ônibus e caminhões de até 15 metros de comprimento será desviado pela localidade de Cadeados.

ponto.jpgOs caminhões articulados, como os bitrens, independente das cargas que transportem, poderão ser obrigados a desviar pelas BRs 282 ou 116, sem acesso ao trecho em obras na SC-114.

ponto.jpgHorários específicos para o tráfego de determinados tipos de veículos também podem ser adotados. 

ponto.jpgJá a sinalização, tanto das obras quanto educativa, será reforçada. 

ponto.jpgRestrições devem durar seis meses na primeira etapa das obras

ponto.jpgNa próxima semana, uma vistoria seria feita na estrada de Cadeados, com 17 quilômetros de extensão, para avaliar as condições de uso e levantar as melhorias necessárias para garantir a trafegabilidade.

ponto.jpgA expectativa é de que o trecho entre a BR-282 e o posto da Polícia Rodoviária seja liberado entre o fim de 2017 e o início de 2018. Numa segunda etapa, outro desvio será aberto entre Palmeira e Otacílio Costa para a continuidade das obras neste trecho específico da rodovia.

 

A Polícia Rodoviária calcula que 3,6 mil veículos passam todos os dias pelo trecho em obras. Destes, 40% são caminhões, muitos dos quais carregados com contêineres que apenas se utilizam da SC-114 para chegar aos portos do Litoral.

Foto: Pablo Gomes

Comentários  

 
#1 Robson 06-04-2017 14:01
Absurdo isso, uma obra com custo altíssimo desse e totalmente sem planejamento, culpam os motoristas, e na segunda feira dia 24/03 o caminhão encalhado que trancou a pista foi culpa de quem? e na sexta feira dia 28/03 o fato de um dos sinalizadores ter abandonado o trabalho e a pista ficar livre foi culpa de quem? Agora nós usuários teremos que trafegar por uma estrada que mal passa um automóvel imagina quando acontecer um encontro de dois caminhões, e agora no inverno a situação ficará pior ainda, pois nosso clima é complicado e com o fluxo de carros passando por essa estrada é questão de poucos dias para ficar presos porque um caminhão ou ônibus encalhou e trancou a estrada. Governo medíocre. Fazer política em cima de obras que quem está pagando é o povo.
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código