Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

lages.png

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
Casan se compromete a ampliar a ETA e o reservatório de Palmeira

FernandaCisama.jpg

A prefeita de Palmeira, Fernanda Córdova submeteu a uma audiência Pública, ontem, a atuação da Casan no município.

A audiência foi marcada depois que a prefeita Fernanda Córdova recebeu um relatório com a análise da qualidade da água distribuída pela estatal em Palmeira. A conclusão é de que está muito abaixo da qualidade preconizada pela legislação, tanto com relação às análises físico-química e bacteriológica quanto em função da sua capacidade de abastecimento, já que há muitas queixas de falta de água em alguns locais.

Para a audiência foram chamados os representantes da Casan para que a comunidade discutisse com eles o relatório e saber o grau de comprometimento da empresa para a solução dos problemas levantados.

O contrato de cooperação com a Casan, vigente hoje em Palmeira, foi renovado em 2015, mas a empresa não se comprometeu a fazer investimentos.

Como a prefeita cita, o reservatório existente já não atende as necessidades de Palmeira.

“Quando foi construído era para atender 90 ligações e hoje temos quase 500”, e neste tempo não houve nenhuma melhoria, portanto a comunidade está desassistida, pois o fornecimento de água é insatisfatório, cita ela.  

Muita gente compareceu à audiência que, na avaliaç;ão da prefeita, foi muito proveitosa.

"A Casan se comprometeu a ampliar a ETA e também o reservatório", disse Fernanda.

 A Casan pediu um prazo de 30 dias para apresentar o projeto, contendo também as datas a serem cumpridas para a sua execução.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código