Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

lages.png

 

unnamed_21.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
Uma visita às cavernas do Areial. Elas são curiosas e alimentam algumas lendas

Caverna5.jpg

O grupo do Ivanturas esteve, no último sábado, visitando as cavernas do Areial, interior de Lages.

Caverna4.jpg

Um alerta: nesta época do ano é preciso tomar cuidado com as abelhas. No caminho passaram por algumas caixas de abelhas que atacaram a maioria dos integrantes do grupo, foi preciso fazer fumaça para espantar.

Caverna5__2_.jpg

Estas cavernas - tem pelo menos quatro entradas e muitas galerias - ficam nas terras do senhor Célio Liz. São visitadas por estudantes e geólogos. Os militares também acampam no local para proceder os exercícios.

Caverna7.jpg

Conta a lenda de que elas teriam sido construídas pelos jesuitas para esconder tesouros quando foram expulsos do Brasil. A rocha é de arenito, de fácil escavação.

O garimpeiro João Lemos da Silva, seu Janjão, acreditava nisso e por sete anos, ele e mais doze homens exploraram o local, retirando toda a terra acumulada nas galerias, mas morreu sem conseguir realizar seu sonho: encontrar o tesouro.

Caverna3.jpg

São muitas as galerias que se pode percorrer.

Caverna2.jpg

Algumas com elevado grau de dificuldade de acesso, mas que tornam também bastante interessante a sua exploração 

caverrna9_1.jpg

É preciso cuidado porque o local é também habitado por morcegos...

Caverna.jpg

E encontraram até um cupinzeiro em uma das galerias.

caverna8_1.jpg

O guia, Ivan Muzeka, conhece bem o local e tem sempre muitas histórias para contar.

Ele diz que conversando com pai do atual proprietário da fazenda, Antônio Liz, soube que, juntamente com seu Janjão havia um outro empresário que investiou na busca do terouro dos jesuitas. Em certo dia ele foi sozinho, muito cedo, ao local. Ficou por lá várias horas e foi embora com sua camionete carregada. Depois disso ninguém mais o viu. Seu Janjão o teria localizado, mais tarde, em Porto Alegre, muito bem de vida.

Mas, tudo são lendas!

caverna6.jpg

Foi o seu Janjão que pagou os doze trabalhadores para limpar o local. Algumas galerias são bem estreitas.

Caverna1.jpg

Ai o Tio Ivan, que conseguiu chegar a um dos locais difíceis de acesso, mas de rara beleza.

Ainda com relação ao garimpeiro Janjão: como garimpeiro, ele descobriu várias jazidas de minérios, como a bauxita na região de Palmeira. Também trabalhou com Platano Lenzi na descoberta de jazidas de diamantes. Chegaram a mapear vários pontos em que elas poderiam ser localizadas (pelo menos sete), mas nunca conseguiram encontrar investidores para a sua exploração, uma vez que a processo é muito cara.

Todo o dinheiro que Janjão ganhou na descoberta das jazidas e no trabalho de exploração de minérios investiou nas cavernas do Areial.

Domingo, 17 de Setembro de 2017 23:36
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Segunda, 18 de Setembro de 2017 00:25

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código