Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

lages.png

 

unnamed_21.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
Arruda diz que todos os gastos com cartão corporativo têm justificativa

Inconformado com a falta de resposta da prefeitura com relação aos questionamentos sobre os cartões corporativos (ou de pronto pagamento) o vereador Jair Júnior (PSD) decidiu levar o caso ao Ministério Público. Entende que há despesas que não podem ser pagas com eles, como compra em padaria, farmácias e mesmo pagamento de restaurantes locais.

Seriam apenas para uso em viagens. Mas o secretário da Administração e Fazenda, Antônio Arruda, disse que bastaria o vereador ir até ao seu gabinete que forneceria todas as informações necessária.

Arruda.jpg

“O que eu não poderia é tirar 600 páginas de comprovantes da movimentação dos cartões para justificar duas ou três questões pontuais, “explica ele.

Sustenta que não há nada de irregular no uso dos cartões corporativos pois são usados em todas as administrações, inclusive pela gestão anterior “que até gastava mais do que agora.”

Hoje, os cartões corporativos disponibilizam um total de R$ 80 mil/mês, mas nunca é gasto tudo isso, segundo o secretário. Observa que além de cobrir despesas com viagens, também se destinam a alguns diretores para compras emergenciais.

“Tudo tem uma justificativa. É o caso, por exemplo de despesas com farmácia. Quando falta um medicamento que está dentro da cesta básica, o responsável tem autorização para adquirir este medicamento em outro estabelecimento. Não é para aquisição particular”, diz Arruda.

Segundo Jair, se foi realizado licitação para o fornecimento de combustível, não se explica que um funcionário, com o uso do cartão corporativo vá em outro posto para abastecer o veículo oficial.

“Você pode ter certeza que se alguém abasteceu em outro posto e pagou mais caro que o valor licitado, ele terá de reembolsar”, disse Arruda.

Acha que foi desnecessário o vereador recorrer ao Ministério Público porque bastaria que fosse até ele para colocar suas dúvidas, garantindo que há uma justificativa para todas elas. Vamos agora esperar para ver se o MP vai acatar ou não a denúncia de Jair.

Quarta, 20 de Setembro de 2017 12:25
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Quarta, 20 de Setembro de 2017 12:32

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código