Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

lages.png

 

unnamed_21.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
Municípios também terão que assumir o ensino fundamental. O processo já começou

 

Em quadro anos os municípios terão de assumir também a responsabilidade por todo o ensino fundamental da rede pública que hoje dividi com o governo do estado. Este ficará apenas com o ensino de segundo grau.

Em alguns municípios o processo já está em andamento e, há três meses, a Gerência da Educação da ADR de Lages vem discutindo o processo com os municípios sob sua jurisdição. A ideia é que o processo seja gradual, primeiro passando para os municípios uma gestão compartilhada em que os primeiros cinco anos fiquem com a prefeitura e o restante ainda permaneça com a rede estadual.

Há locais em que as negociações já estão adiantadas, como em São José do Cerrito, onde no ano que vem a prefeitura já passará a assumir as primeiras cinco séries das escolas do Rincão dos Albinos e do Salto dos Marianos.

Humberto.jpg

 

O gerente da educação, Humberto de Oliveira deverá reunir-se hoje com os representantes da secretaria Municipal de Educação de Lages para começarem a arquitetar uma proposta. Segundo o gerente Humberto é possível até se fazer o compartilhamento dos espaços ociosos nas escolas estaduais para que a prefeitura resolva o problema de falta de vagas nas creches.

Só na região, a rede estadual tem 25 mil alunos e destes 18 mil estão no ensino fundamental. Este processo de municipalização do ensino já começou lá em 2008, quando foi transferido para as prefeituras todo o pré-escolar. Naquela vez o governo só transferiu a responsabilidade o que criou uma situação que até hoje a prefeitura está correndo atrás para resolver e ainda acumula tem um déficit de mais de mil vagas nas creches.

Só que agora, a proposta é o compartilhamento do espaço da estrutura existente.

A grande questão é com relação aos professores que hoje atuam nestas fases que serão municipalizadas.

No passado, quando houve a municipalização do pré-escolar, muitos deles tiveram de ficar perambulando entre as escolas ou encostados na Gered até serem absorvidos pelos quadros das unidades ou aposentados. Humberto deve levar esta preocupação na reunião que terá hoje na prefeitura de Lages.

Por isso ele considera que a audiência Pública marcada pela Câmara de Vereadores para discutir o assunto (dia 19 de outubro), neste momento, pouco teria a acrescentar, visto que a discussão está apenas começando, com muitos pontos bastante nebulosos ainda.

Comentários  

 
#2 Dado 27-09-2017 18:23
Até esse DESGOVERNO SAIR DO PODER AINDA VEREMOS MUITOS DESMANDOS. MAIS UM PEPINO PARA "MÃE" PREFEITURA DE LAGES...
 
 
#1 Terezinha 27-09-2017 15:52
Então é por isso que as escolas do interior do Cerrito serão fechadas? No município todo existirão apenas 3 escolas. Várias escolas menores serão fechadas e aí o os alunos e professores terão que se deslocar todos os dias.
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código