Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

IMG_20171122_WA0006.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
Projeto aprovado pela conselho da ADR e que já foi engavetado

O ex-vereador Almir Ferreira Bitencourt e atual presidente da Associação Comercial e Industrial de Correia Pinto e presidente do Conselho do Desenvolvimento Regional da ADR, lembra que o projeto de pavimentação da estrada de ligação entre Correia Pinto e Palmeira foi pago pela Empresa Klabin SA, no valor de R$ 1,5 milhão.

 

O projeto (são mais de 20 no roteiro do anel regional) foi aprovado pelo Núcleo de Desenvolvimento Regional (ADR). O deputado Gabriel Ribeiro disse que a proposta era fazer uma parceria público-privada, com a isenção de impostos entre as empresas parceiras, mas o governo não pode fazer esta renúncia de receita.

133.jpg

Para Almir, o que precisa é a soma de esforços juntos ao governo para que o próximo “governante olhe mais para a Serra Catarinense, pois temos o menor IDH do Estado de SC”.

O interessante é que somente agora se constata que o governo não pode abrir mão desta receita. Sempre que se cobra obras para a região a resposta que se ouve é de que falta projetos, mas quando há, ou se protelam até cair no esquecimento ou lá na frente arrumam uma desculpa para não vê-lo executado.

Neste caso, a própria ADR aprovou e a empresa gastou recursos na elaboração do projeto. Como resultado, no mínimo afastará a colaboração da iniciativa privada em futuras propostas de parcerias.

farinha_seca.jpg

A expectativa era de que oasfaltamento da rodovia SC-435, que liga Correia Pinto a Palmeira começaria ainda no primeiro semestre de 2013. Se reduziria em 50 quilômetros a ligação entre os dois municípios. O trecho ficaria com 29 km, interligando Correia Pinto, Palmeira e Otacílio Costa. Estava previsto até um viaduto sobre a estrada de ferro e duas pontes de grande porte, uma sobre o Rio Tributos e a outra sobre o Rio dos Índios, na divisa entre Correia Pinto e Palmeira.

 

Pelo acordo, o Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviço (ICMS) da Klabin, seria pago direto à construtora da obra. Obviamente que esta obra é importante, pois desafogaria as principais rodovias que cortam esta região da Serra. Teremos de esperar outro governador com boa vontade para com a Serra para torna-la realidade.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código