Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

251.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
Gaeco cumpre três mandados de prisão temporária em Lages

 

Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) deflagrou a operação "Três em Um". No momento está cumprindo três mandados de prisão temporária, quatro mandados de busca e apreensão em órgãos públicos e quatro de conduções coercitivas no município de Lages.

Gaeco.png

Olhe a farta documentação que conseguiu reunir

Com o apoio do GAECO, a 5ª Promotoria de Justiça de Lages, com atuação na defesa da moralidade administrativa, e a 8ª Promotoria de Justiça Regional de Combate aos Crimes Contra a Ordem Tributária, investigam supostos crimes de sonegação fiscal contra a Administração Pública e contra a lisura de processos licitatórios, além de atos de improbidade administrativa com a possível participação de servidores públicos de diversos municípios catarinenses, agindo em conluio com empresários do município de Lages/SC.

Os mandados, expedidos pelo Poder Judiciário da Comarca de Lages, estão sendo cumpridos por Promotores de Justiça e por Policiais do GAECO, com o apoio do Instituto Geral de Perícias (IGP), Divisão de Investigação Criminal de Lages (DIC) e da 10ª Gerência Regional Secretaria Estadual da Fazenda.

O nome da operação deve-se ao fato da investigação apontar que empresários da região utilizavam-se da confusão física (exemplo: o mesmo endereço de registro para várias empresas), administrativa e patrimonial das empresas envolvidas, para frustrar o caráter competitivo de certames licitatórios, para dar causa a dispensas indevidas de licitação e fraudar a execução de contratos administrativos.

GAECO é uma força-tarefa composta pelo Ministério Público de Santa Catarina, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Secretaria Estadual da Fazenda.

Pelas informações que circulam a investigação se refere a aquisição de pneus pela Garangem da prefeitura.

Quinta, 30 de Novembro de 2017 13:13
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Quinta, 30 de Novembro de 2017 16:29

Comentários  

 
#3 A.J. Mondadori 06-12-2017 01:48
O rato tantas vezes vai ao moinho que um dia lá deixa o focinho.
"Velhas figuras carimbadadas". Já vem praticando estes mesmos crimes em outros tempos e em outros lugares..... é só esperar a divulgação dos nomes. Estou seguro disso....
minha intuição não falha.
 
 
#2 José Maria Wolff da 30-11-2017 16:36
HORRÍVEL O QUE FIZERAM EM EMPRESA "FUNDO DE QUINTAL"...NOVA LOGOMARCA/FERRA DURA/SABÃO elaborada à revelia regimental/Cons uni..>>> destruíram o VERDADEIRO SÍMBOLO PELO QUAL A UNIVERSIDADE FOI RECONHECIDA A PARTIR DE 1999
>>> REPARAR E COLOCAR NA CADEIA TODOS OS CAFAJESTES QUE ACABARAM COM A INSTITUIÇÃO..A justiça começou a funcionar aqui em Lages, por que Deus Existe e vê TUDO...tudinho !!!
 
 
#1 José Maria Wolff da 30-11-2017 16:27
ESTÁ COMEÇANDO A FICAR BOM...
>> EXISTEM MUITAS MARACUTÁIAS POR DEBAIXO DOS PANOS AQUI EM LAGES...
>> REVER O CASO DA DESTRUIÇÃO DO VERDADEIRO SÍMBOLO DA UNIPLAC Á REVELIA DO REGIMENTO GERAL DA FUNDAÇÃO É UMA DELAS...
.... PARA TANTO, SOLICITAMOS AO PODER PÚBLICO, POLÍCIA FEDERAL, GAECO, ETC...REVER ESSE MONSTRUOSO CRIME PEDAGÓGICO APLICADO POR WALTER MANDRÓI E SEUS ASSECLAS que interventor no financeiro, DESTRUIU O PEDAGÓGICO...fa lo e provo...Basta alguém me procurar !!!
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código