Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

251.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
Belezinha diz que emprestaram os moldes das peças para o prefeito de Paulo Frontin

Agessander José de Souza Belezinha – Assessor técnico atuando na Secretaria de Turismo. Foi ouvido pela CPI, desta quarta-feira, como testemunha

Belezinha.jpg

Ele disse que chegou na secretaria por volta do dia 12 de janeiro e não participou de transição. Duas semanas depois o Sr. Flávio apareceu lá junto com seu Paulo e a Ana Lúcia para fazer uma amostragem. Fui nomeado no dia 3 e assumi de fato na secretaria de Turismo no dia 12.

 

O relator Lucas pergunto a ele quando teve acesso às chaves do barracão.

- Foi o Marcio que localizou as chaves lá na prefeitura no dia 20 e então fomos ao barracão. Quando chegamos, no dia 20, no barracão já tinham feito a desmontagem. A primeira medida foi de fotografar tudo o que havia lá para fazer um inventário do que recebemos.

 

Disse que posteriormente recebeu um inventário do material da antiga administração e alguns dos materiais nele contido não foram encontrados no barracão, como alguns fios e bolas de led.

- Não houve uma grande diferença deste inventário. E o contêiner que estava dentro do barracão, quando assumimos estava vazio. O material do túnel estava largado num canto, todo amarrotado. O restante eram as árvores de pet e as bolas, em torno de 20 e poucas, 30.

 

Acredita que alguém possa ter tido acesso ao barracão antes de vocês trocarem a fechadura?

- Acredito que alguém teve acesso ao barracão porque o material retirado da rua estava no barracão. Ficou um tempo sem que tivesse alguém responsável pelo barracão.

Diz que recebeu o prefeito de Paulo Frontin, em agosto e depois retornou.

- Ele nos disse que visitava Lages e viu os enfeites no Natal e agora como prefeito da cidade queria fazer a decoração lá também. Na segunda visita ele pediu para acender as luzes para ver como serie e solicitou que emprestasse alguns elementos para ele tirar o molde e ele fabricar lá na sua cidade. Neste ano não confeccionamos nenhuma peça só foram adquiridos alguns materiais como fio e presilhas. Ele então levou estes moldes e nos devolveu três dias depois.

Como você ficou sabendo que sumiu o material?

- Através de funcionários que trabalharam lá. Era um pessoal que trabalhou lá e que foram rever companheiros de trabalho e que relataram que havia um contêiner cheio de led. Nós não tínhamos provas para acusar ninguém. Podemos dizer apenas o que tem no barracão.

O material apreendido no Gaeco tem alguma semelhança com o material do Natal Felicidade?

- Eu até peço para o pessoal que trabalha comigo que não comentem, porque é um material semelhante, mas não podemos dizer que este material era de lá. O Gaeco é que vai investigar.

Sobre o túnel de luzes, Agessander diz que o material encontrado era de muito fio antigo, usado em dois ou três natais. O que tem ainda lá daria para completar o túnel só que já está danificado.

Quinta, 14 de Dezembro de 2017 01:24
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Quinta, 14 de Dezembro de 2017 01:38

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código