Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

unnamed_38.jpg

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Grupo de tucanos trabalha pela reaglutinação do partido em Lages

Há um movimento por parte de um grupo de tucanos, hoje afastados da lida da sigla por conta dos acontecimentos gerados desde quando a Comissão Provisória de Lages foi extinta, visando a reaglutinação do partido.

É importante lembrar que quando da tomada do PSDB em Lages houve uma evasão dos filiados.

Embora o atual presidente Roberto Amaral tenha se proposto, após as eleições em que disputou como candidato a prefeito, de que trabalharia no sentido de chamar de volta a militância tucana, isto não aconteceu.

Este grupo tem o aval da maioria da executiva estadual que considera importante o fortalecimento do partido em Lages especialmente considerando que pode contar com um candidato a presidente da República (Geraldo Alckmin) e ao governo estadual (Paulo Bauer).

É também preciso destacar que a expulsão de Luís Carlos Pinheiro, Dilmar Monarin e outros, embora tivesse o parecer favorável da Comissão de Ética, não chegou a ser homologada pelo diretório, que notadamente se recusou a sentenciar os tucanos dissidentes nas eleições municipais de 2016. Por quatro vezes foi marcada a reunião e por quatro vezes não teve quórum. Parece já ser questão superada.

fotonoticia_Foto_00531_2012_M.jpg

Agora, pelo que sei, com exceção do presidente estadual, deputado Marcos Vieira, os demais estão voltados ao propósito de conseguir a reaglutinação dos tucanos lageanos por força do fortalecimento do partido na Serra.

Recentemente o PSDB realizou convenções municipais em vários municípios, mas Lages não estava entre eles. Na realidade a atual direção teme que no confronto das forças entre os atuais dirigentes e o grupo afastado, acabe perdendo para este último.  Este grupo citado está tentando uma outra via para o entendimento.

pinehiro11.jpg

Chegou a procurar o agora executivo do Turismo, ex-presidente do PSDB local, Luís Carlos Pinheiro, tentando convencê-lo a concorrer como candidato a deputado federal pelo partido. Mas, este recusou sob o argumento que não deseja abrir flancos de conflito com o prefeito Ceron que o acolheu na sua equipe.

 

roberto_amaral_psdb.jpg

Há também a questão de que o atual presidente, Roberto Amaral, já se lançou pré-candidato a deputado estadual. Para que os dois formem uma dobradinha nas eleições do ano que vem será preciso vencer muitas barreiras e muita boa vontade destas lideranças em superar as desavenças.

Comentários  

 
#1 João Seap 25-12-2017 14:15
O Roberto está desavergonhadam ente em campanha aberta, usando uma concessão pública. Está todos os dias em todos os programas de rádio. Os apresentadores dizem "estamos recebendo a visita do Dr. Roberto". Mas, anotem, vai ter votação de vereador.
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código