Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Uniplac lança programas para elevar o número de acadêmicos da instituição

 

unnamed_51.jpg

 

Segundo o que o reitor e o pró-reitor de Ensino da da Uniplac colocaram hoje à imprensa, algumas inovações foram feitas em relação à Universidade. Segundo o pró-reitor Kaio Amarante, hoje a universidade está bem estruturada com o conceito 4 do Mec, e só não conseguiu a avaliação máxima do Ministério por questões de detalhes. Foram realizadas todas as readequações necessárias para estar em conformidade com as exigências do MEC incluindo aí a adaptação da grade curricular dos cursos e que implicaram também na revisão dos valores dos créditos estabelecendo uma redução de 15 a 20% em seus valores.

Em um primeiro momento houve a esperada queda no número de acadêmicos. Agora já estão sendo lançados novos projetos visando não apenas a retomada com o avanço no número de estudantes matriculados.

Segundo a reitoria, a meta é chegar a cinco mil alunos. Particularmente achei uma meta muito tímida diante do número de cursos e estrutura da instituição.

Kaio.jpg

Estes programas para captação de alunos se baseiam na parceria com os alunos. O estudante que trouxer um aluno para a instituição receberá um percentual de desconto em sua mensalidade (do aluno anfitrião), assim como do aluno convidado durante todo o curso que varia de 4 a 40% dependendo do curso e modalidade de parceria.

 

O segundo modelo de captação concede uma parceria com dois ou mais indicações de alunos convidados. Isto é: o aluno convidado, por sua vez também poderia indicar outro e conseguir reduções em sua mensalidade até no máximo de 40%.

unnamed_52.jpg

Foto: Nilton Wolff.   Luiz Augusto Del Moura, coordenador do Curso de Jornalismo que obteve a nota máxima na avaliação do Mec: 5

Visando estreitar a relação com a imprensa local, a Uniplac também ofereceu aos profissionais da mídia que tiverem CNPJ, uma vaga (ocupada por indicação deste) no curso de jornalismo com até 100% de gratuidade. 

Terça, 30 de Janeiro de 2018 12:35
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Terça, 30 de Janeiro de 2018 19:25

Comentários  

 
#1 Joana 30-01-2018 13:48
É um pouco estranho tendo em vista o histórico, salvo engano não fazem 5 anos que houve uma intervenção pois estava com sérios problemas financeiros e na época foi cogitado venda, falência, federalizar não foi? Agora após uma crise econômica que país e consequentement e nossa cidade enfrentou por mais incrível que pareça a instituição não só dispõe de dinheiro mas cogita comprar um hospital? Pra que?

Não que eu seja contra o crescimento, porém pelo que sei apesar de direito privado ela é uma instituição pública não é? E sendo pública não está entrando dinheiro público? De coração espero que esse dinheiro seja mesmo da instituição. Enfim que as autoridades investiguem todo esse procedimento, se estiver nos conformes e não envolver o meu dinheiro e for para melhorar o atendimento ok.

Fora isso como ficarão os atendimentos? Se tornará público? Privado? E seus funcionários? Vão demitir para contratar pessoal exclusivo da Uniplac? Como ficam todas essas questões?
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código