Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Elizeu afirma que não pretende assumir a ADR de Lages

O ex-prefeito Elizeu Mattos disse ontem, que antes mesmo de assumir o governo Eduardo Pinho Moreira perguntou se lhe interessava assumir a ADR de Lages e ele declinou do convite, dizendo que no momento tem outras prioridades. E também já comunicou o partido que não tem interesse no cargo.

Ele que já foi secretário Regional no governo de Luiz Henrique da Silveira (aliás, o primeiro a ocupar esta vaga), acha que as regionais precisam ser repensadas e reestruturadas porque houve um desvirtuamento de suas funções do modelo de descentralização idealizada por LHS. Foram esvaziadas em sua estrutura e finalidade

Elizeu.jpg

 

“Não adianta ter as secretarias regionais e não pensar em governo descentralizado. Este modelo foi desacreditado nos últimos anos”, disse Elizeu. Deixaram de ser incentivadoras, animadoras das regiões, onde os conselhos regionais atuavam de maneira muito decisiva. Admite que foi a pressão política que acabou aumentando muito o número das regionais e precisava mesmo de um enxugamento como fez Pinho Moreira.

Elizeu cita uma série de ações tomadas à época em que todas elas passaram pela SDR. Hoje, questões como do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres e outras mais, nenhuma passa pela ADR, tudo é resolvido em Florianópolis. As pessoas continuam tendo de descer para a capital para tratar das questões locais e regionais afetas ao governo do Estado. 

“Hoje os secretários regionais só falam e representam o governador. Deixaram de tomar as decisões com relação às ações”, diz o ex-prefeito. Prega a sua reestruturação, mas não o fim das regionais. Segundo Elizeu, acabar com elas significa centralizar o governo de novo.

É preciso evoluir. Diz que o discurso de Gelson Merísio de acabar com a secretarias regionais não é projeto, mas discurso eleitoreiro e ultrapassado.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código