Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Ceron acha que o caso Vone não justifica a cassação de um mandato

5563245_x216.jpg

Repórter Daniel Goulart indagou hoje (6) ao prefeito Antônio Ceron a respeito da questão relacionada ao vereador Vone Scheuermann (PMDB).

Ceron lembrou que o assunto está restrito a circunscrição da Câmara, a quem cabe julgar. Diz que só teve conhecimento do fato da contratação da empresa do vereador pela Secretaria da Agricultura “quando veio a público”.

Concorda que “houve irregularidade, mas não imoralidade” uma vez que a contratação foi de forma emergencial.

O que ele pede é que se pondere “se o fato justifica a cassação de um mandato”.

Comentários  

 
#3 Edilson Rogerio Faus 06-03-2018 22:56
O problema está que, se o vereador for considerado culpado, pelo episódio, isto aconteceu com a conivencia da prefeitura que aceitou as notas dos serviços e efetuou os pagamentos. Então...
 
 
#2 Rita 06-03-2018 18:12
Ao contrário, pode até não ter havido irregularidade, se a 8.666 assim prevê, mas houve sim imoralidade, pois aí beneficia seus correlatos.
 
 
#1 Cristian Vieira 06-03-2018 15:57
Simplesmente uma falta de caráter e ética... se está na Lei a proibição... então que se faça cumprir a lei..e não burlá-lá com desculpa de que foi "emergencial" - se a lei prevê a proibição, e está mesma lei foi transgredida então que aplique-se e se assuma as consequências, se cabe cassação então que assim o faça, não com desculpas esfarrapadas passando a mão na cabeça ou como no caso do vereador Lucas Neves, novamente a administração se usando de sua autoridade e mudando o "curso das águas" pro lado que lhes convier. Faça-me o favor corja de inóspitos e inócuos administradores !!! E tenho dito.
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código