Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Bauer também está sendo investigado pela Procuradoria Geral da República

O jornalista Upiara Boschi informa que:

Upiara.jpg

O senador catarinense Paulo Bauer (PSDB) será investigado pela Procuradoria Geral da República (PGR) sobre o suposto recebimento de R$ 11,5 milhões não-declarados para a campanha eleitoral de 2014, quando concorreu a governador. Na terça-feira, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu autorizar a investigação em uma petição autônoma. A NSC Comunicação teve acesso com exclusividade à decisão do ministro na tarde desta quarta-feira.

 

As supostas doações foram apontadas na delação premiada do ex-executivo da empresa Hypermarcas Nelson José de Mello. A citação ao político catarinense constava na petição que deu origem a inquérito contra o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), também supostamente beneficiado por caixa 2. Com a decisão de Fachin, a PRG fará uma investigação específica para apurar o relato de Mello e decidir se apresenta denúncia ao STF.

 

Como vemos, as denúncias demoraram a chegar em SC e agora em poucos dias temos dois líderes políticos investigados pela Procuradoria Geral da República: Raimundo Colombo e agora o senador Paulo Bauer.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código