Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Diretor de obras explica porque foi feito o muro de arrimo no Carahá

unnamed_35.jpg

A prefeitura construiu um muro de arrimo, com pedra ferro (basalto), medindo 600 metros cúbicos, para corrigir a erosão na barranca do rio Carahá, provocada por infiltração de água na base asfáltica da avenida Belizário Ramos.

Para o nivelamento do muro de contenção de encosta com a pista asfáltica, a qual terá a área avariada reconstruída, será levantada cinta de concreto com 42 metros de comprimento, 25 centímetros de altura e 50 de largura.

“A rede de água que passava sob o leito da avenida teve os canos quebrados. Com o entupimento da tubulação a água infiltrada provocou a erosão do terreno e da base asfáltica”, explica o diretor de Obras, Antonio Correa.

Então tá! Nada a ver com o desassoreamento do rio.

Foto: Ary Barbosa Filho

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código