Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

251.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
A resposta do prefeito com relação às indagações da AIB/SC

O prefeito Antônio Ceron fez alguns esclarecimentos a respeito das críticas da AIB às mudanças no projeto de revitalização do Mercado Público, no blog de Edson Varela. Leia o que ele disse: 

 

ESTACIONAMENTO SUBTERRÂNEO

O projeto original previa um estacionamento subterrâneo o Mercado Público. E passou a existir receio dos gestores públicos sobre o que poderia ocorrer no local e imediações com as escavações. Daí a opção em suprimir as escavações e, naturalmente, o estacionamento. “Uma providência preventiva. Não sabíamos o que encontraríamos. Poderia ser uma intervenção que arrastaria por muito mais tempo o andamento dessa obra. Mas a supressão do estacionamento subterrâneo ocorreu pelos autores do projeto, traçando-se alternativa ao projeto”, aponta o prefeito.

CUSTA R$ 2.700.000,00 A MAIS?

Ceron se irrita quando faz referência ao aumento do valor da obra, mesmo com supressões. “Não existe aumento do valor da obra. Pelo contrário. Ela custaria R$ 7 milhões e foi licitado para custar pouco mais de R$ 5 milhões”. E o prefeito conclui. “É gente daqui querendo emperrar as coisas. É lamentável”.

E leia o que o presidente da IAB/SC falou a respeito da explicação do prefeito:

Pois o "causo" da infeliz entrevista do Prefeito é correlata ao famoso "jus esperniandi"...  
Sem recurso e informação!
É realmente um deboche...pois o que pedimos é uma explicação técnica sobre uma questão técnica. Ninguém se arvora no direito de "ser pai da criança". Foi um concurso público com um recurso alocado, objetivo e julgado criteriosamente, analisado por um júri de cinco arquitet@s de notório saber internacional!..somados a um júri popular e representativo de toda a região lageana.
Foram participantes vários profissionais de nossa categoria de arquitet@s !
Ocorreu um
Processo de Licitação/concurso à luz de uma legislação !
Não aceitaremos tergiversação, confundindo e distorcendo o esforço, energia e sobretudo a boa arquitetura premiada.
Vamos continuar aguardando tão somente o esclarecimento a uma questão técnica e, se não adequadamente respondido, os órgãos públicos, que trabalham a área administrativa em Lages, sem dúvida, irão buscar a resposta na prática investigativa a luz do Direito e da verdade! 
É uma categoria profissional de arquitet@s que buscam esclarecer uma dúvida. Não é político. É  técnico: trata-se de arquitetura seu exercício e profissionalismo.
 
João Villanova Gallardo
Presidente da AIB/SC
 
Segundo o presidente da AIB/SC, a prefeitura não respondeu até agora as indagações da associação.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código