Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Argumento é de que as dívidas trabalhistas "são das CPPs e não dos pais"

 

Um dos argumentos usados pelo procurador do município para a questão das CPPs para tranquilizar os pais integrantes dos conselhos, é de que a responsabilidade atribuída para o pagamento das rescisões trabalhistas não é dos pais, mas das CPPS.

Bem, se for assim,  bastaria os pais deixarem as CPPs. Quem responderia por elas? Salvo engano, quem responderia pelas CPPs seriam então os pais que à época estavam no comando delas. Ou não? O que daria na mesma.

O resultado é que nenhum pai de aluno quer hoje assumir as CPPs e muito menos assinar alguma coisa. Contudo, existem verbas federais que só vêm através das CPPs. Isso já está acontecendo pelo que o prefeito Ceron disse na coletiva de quarta-feira.

Na realidade trata-se de um impasse difícil de resolver, mas será preciso encontrar uma saída.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código