Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Prefeito chegou a proibir que funcionários fizessem as unhas nas unidades de saúde

Enfermeira pós-graduada que já atuou nas unidades da Várzea e da Habitação, foi no programa de Daniel Goulart, nesta quinta-feira, fazer várias denúncias. Foi demitida “porque falava demais”. Ela espera que com esta denúncia, o prefeito Ceron tome providências e coloque ordem na pasta e, especialmente, nas unidades de saúde.

Garante que é muito comum a comercialização de produtos dentro das salas de atendimento.  “Na Várzea, a responsável chega a fechar a sala e reunir toda a equipe para vender lingerie”, conta ela. Enquanto isso as pessoas aguardavam pelo atendimento na sala de espera. Ela informou por várias vezes a responsável pelo setor na Secretaria da Saúde, a coordenação de Atenção Básica, e não foi ouvida.

E disse mais.....

 “Na várzea, a mesma pessoa que faz a faxina é quem faz a classificação de risco e senta na mesa para fazer o registro com a senha da enfermeira responsável”

“O prefeito Ceron baixou determinação proibido que façam as unhas dentro das unidades”. Veja se precisava o prefeito passar tal determinação!

Na Habitação, a enfermeira constatou que uma das atendentes “estava de jaleco, em horário de urgência, na padaria tomando café”.

Uma médica que passou pelo posto da Habitação “chegou a reclamar que a enfermeira da área não estava preparada para fazer a classificação de risco”

 

E mais grave ainda, fala de transação com atestados de saúde dentro dos postos.

Quinta, 10 de Maio de 2018 12:44
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Quinta, 10 de Maio de 2018 13:01

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código