Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Prefeito xingou jornalista e pediu que as denúncias ocorram via Ouvidoria

 

O prefeito Antônio Ceron levantou com o pé esquerdo nesta segunda-feira. Na primeira oportunidade criticou o Correio Lageano por ter publicado uma carta do leitor criticando a morosidade das obras, em seguida um outro profissional que antecipou a localização do supermercado Fort, falou que antes de procurar as emissoras de rádio que a população deve levar as queixas e denúncias diretamente à Ouvidoria da prefeitura e finalmente se confrontou com outro jornalista que segundo ele publica matérias tendenciosa com relação as obras da Avenida Ponte Grande.

Ceron.jpg

Segundo o prefeito estaria cobrando agora o andamento das obras que já deveriam estar concluídas em 2014, sendo que a administração passada não recebeu nenhuma cobrança com relação a esta obra. Como eu acompanhei a obra desde o seu início, posso dizer com segurança que a imprensa cobrou sim, de todos os prefeitos que administraram Lages neste período, seja na época de Renatinho como de Elizeu Mattos. E desculpe prefeito, vai continuar cobrando até que a veja concluída.

Na realidade, qualquer prefeito hoje é muito cobrado e posso até imaginar o nível de pressão que sofrem diante das dificuldades de fazer a máquina andar e lidar com os problemas do dia a dia da comunidade.

Mas... são os ossos do ofício, e será assim com relação a ele e também os próximos prefeitos que virão. A imprensa é nada mais do que o eco da voz rouca das ruas. É o seu papel traduzir os anseios e dificuldades da população e para tanto precisa ter preservada a liberdade de expressão.

Seu inconformismo se refere ao fato de que ele até trouxe a Ouvidoria para o prédio central da prefeitura para facilitar o acesso mas, independentemente disso as cobranças na mídia continuam.

unnamed_14.jpg

Garante que “todas as denúncias que chegam à prefeitura têm causa e consequência”. Nenhuma delas fica sem resposta. Tanto que, diz a responsável pelo setor (Natália Duarte): “existe apenas três registros da gestão anterior enquanto que na atual já há mais de 1.400 atendimentos e a cada dois meses é enviado um relatório para o TCE." O prefeito também garante que neste uma ano e meio de administração foram, inúmeros os processos administrativos abertos e deles resultaram vários afastamentos de servidores.

Fotos: Toninho Vieira

Terça, 15 de Maio de 2018 16:22
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Terça, 15 de Maio de 2018 16:29

Comentários  

 
#2 João Machado 15-05-2018 16:43
Parabéns!
 
 
#1 Empreender agora 15-05-2018 16:35
-O RENATINHO AGUENTAVA A BUCHA, CORUJA E ELISEU TAMBÉM MAIS O REPRESENTANTE DA ELITE LAGEANA PEDIU ÁGUA.
-TÁ SÓ ACOSTUMADO A MANDAR E NUNCA DAR SATISFAÇÕES
- MAS ELE TEVE CORAGEM DE TROCAR SECRETÁRIO POR ESTA ATITUDE SAI NA FRENTE DE TODOS "OS PREFEITOS DA SERRA"
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código