Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Gabriel justifica ao empresários porque votou pela criação de 800 cargos no judiciário

unnamed_33.jpg

“São cargos técnicos para elaborar sentenças, não são cargos apadrinhados. Atualmente há um excesso de processo no Estado, são mais de 3,7 milhões de processos para cerca de 370 juízes. Com a criação destes cargos pretende-se acelerar esses julgamentos, principalmente no interior do Estado. Eu me pauto pelo correto, vi os números e as justificativas e votei conforme minha consciência”,

O deputado Gabriel Ribeiro (PSD) ao explicar, durante reunião com a diereção  da Acil a razão de ter votado pela criação de mais 800 cargos no Judiciário.

Gabriel explicou que analisou muito a situação e baseou seu voto no relatório apresentado pelo TJSC, que demonstrou que sairia mais barato contratar comissionados do que realizar um concurso público. Segundo ele, essas contratações não irá onerar o Estado, pois o judiciário tem orçamento próprio e estes custos são de responsabilidade do TJSC.

Comentários  

 
#2 BRASIL DO PRESENTE 11-07-2018 13:58
O DEPUTADO É ADVOGADO. A SOLUÇÃO MAIS COERENTE É CONCURSO PARA DEFENSORIA PÚBLICA. CONFORME DIZ A CONSTITUIÇÃO CARGOS DE CARREIRA, ESTAGIO PROBATÓRIO, ETC. PERDEU MEU VOTO E A CHANCE DE PAGAREM OS DEFENSORES DATIVOS QUE QUANDO FAZEM ALGO NA JUSTIÇA NÃO RECEBEM EM DIA, E O ESTADO SEMPRE SOBRE OS VALORES DAS AÇÕES BAIXANDO OS HONORÁRIOS DOS ADVOGADOS. ISSO SÓ ACONTECE EM SC O ÚLTIMO ESTADO DA FEDERAÇÃO A IMPLANTAR DEFENSORIA PÚBLICA DO BRASIL
 
 
#1 gilberto 11-07-2018 13:30
Sem concurso, então tá, igual aos comissionados da prefeitura, os apadrinhados, beleza
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código