Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Mesmo os candidatos locais só se elegeram com os votos de fora

Os nove candidatos a deputado estadual pela Serra terão de dividir os 230 mil votos dos 18 municípios com uma dúzia de outros candidatos paraquedistas que costumam aportar por aqui somente em época de eleição.

Na realidade, nunca faltou candidatos locais. Sempre proliferaram, especialmente na soma dos pequenos partidos que como cometas só aparecem de quatro em quatro anos e conseguem levar uma boa fatia do eleitorado. E nem precisam prometer muito, apenas o que lhe custa o trabalho dos cabos eleitorais. Se estes paraquedistas estão presentes em Lages, muito mais ainda nos demais municípios da Serra.

Gabiel.jpg

Por esta razão, os candidatos que tem sua base eleitoral em Lages acabam ampliando sua atuação para outras regiões. O deputado estadual Gabriel Ribeiro, por exemplo, tem feito um trabalho exaustivo tentando ampliar sua base eleitoral para regiões como o Meio Oeste.

 

caaarmen.jpg

Carmen Zanotto foi praticamente a única candidata a federal pela região em 2014 e conseguiu fazer 50.616 votos aqui. Foram os outros 28 mil votos que conseguiu fora que lhe garantiram a titularidade de uma cadeira na Câmara dos Deputados.

Coruja2.jpg

Em Lages, Fernando Coruja (22.725) fez uma votação maior do que Gabriel Ribeiro (19.677), mas foi na soma dos votos de fora que Gabriel acabou ultrapassando-o: obteve mais 18.510 votos (38.187) enquanto que Coruja só conseguiu mais 9.072 (31.797). Mesmo os candidatos locais dependem do voto de fora.

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código