Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Coisa triste este incêndio em que morreram duas crianças e o pai, no Santa Clara
Acompanhe o relato dos bombeiros:
 
No dia 01/10 às 01:14h a Central de Operações do Corpo de Bombeiros Militar de Lages – COBOM recebeu a solicitação de um incêndio em residência na rua Natalício Paes de Farias, Bairro Santa Clara, na cidade de Lages. De pronto, deslocou todo o trem de socorro para atendimento da referida ocorrência, inicialmente as informações de populares davam-se que não haviam vítimas no interior da residência. 
 
Ao chegar, a guarnição confirmou o local e natureza da ocorrência posteriormente realizando o procedimento operacional preconizado pela diretriz do Corpo de Bombeiros que é verificação das condições de segurança e, a revisão das informações de despacho, que consiste na verificação das informações repassadas ao COBOM; Populares, informaram a guarnição que os moradores da residência ora incendiada estariam desaparecidos, com isso, a gurnição realizou o controle do incêndio e imediatamente iniciaram às buscas pelos moradores que, localizaram todos rapidamente, porém, havia uma terceira vítima que estaria desaparecida, porém, com a redução de iliuminação e com disponibilidade de materiais pesados (pás, picaretas e enxadas) podendo assim, ocasionar traumas no corpo se confirmasse a terceira vítima. Às buscas foram suspensas, reiniciando no início da manhã, ao nascer do sol. 
 
Antes das 08h da manhã, os trabalhos de buscas foram reiniciados, com intuito de localizar a possível terceira vítima, haja visto que, não exisitia a confirmação de que a cirnaça estaria na casa, na casa de parentes ou vizinhos. Ainda na madrugada, Bombeiros, IGP e Policiais realizaram buscas nas redondezas, na área de mata contando com a possibilidade de a criança ter saído de casa. Cabe ressaltar que a carbonização provoca uma redução significativa no corpo de uma pessoa, ainda mais uma criança de 5 anos. Após buscas minunciosas no material incendiado, o corpo foi localizado e acionado o IGP para os procedimentos de praxe.
_____________
Matheus Muniz Corradini 
Capitão BM Sub Comandante do 5º BBM
 
No local, moravam o pai identificado como Vilmar Osowski Cordeiro, de 37 anos, e três filhos, dois meninos, André Vilmar Alves Osowski Cordeiro, de 7 anos, e outro de 3 anos e uma menina de 5. O menor foi o único que conseguiu sair da casa. A identidade do caçula e da menina ainda não foi divulgada.
 
 
Segunda, 01 de Outubro de 2018 15:39
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Segunda, 01 de Outubro de 2018 16:06

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código