Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Coligação liderada pelo MDB insiste na mentira, diz Merísio
 
A coligação liderada pelo MDB, uma vez mais, lança mão da estratégia de mentir e distorcer fatos a fim de tentar manipular a imprensa e confundir os eleitores catarinenses.
 
Depois de ver desconstruída a grotesca farsa da suposta investigação do Ministério Público Federal contra Gelson Merisio, a coligação do MDB agora parte para uma nova “estratégia” de comunicação: tentar induzir a imprensa a erro com a alegação de que o juiz do TRE que ordenou a retirada do ar da propaganda mentirosa confirmou uma suposta investigação do MPF em face de Gelson Merisio.
 
Em seu despacho, o juiz eleitoral Ítalo Augusto Mosimann é claro ao afirmar que “em cognição sumária, (...) há, de fato, ‘Procedimento Preparatório’ autuado no órgão da Procuradoria da República do Município de Chapecó”(...).
 
O referido “Procedimento Preparatório”, frise-se, de caráter cível, é protocolar e foi instaurado a partir de “notícia de fato” veiculada pelo candidato à vice-prefeito de Chapecó pelo MDB, ex-secretário de desenvolvimento regional da cidade e presidente do diretório municipal do partido, Irio Grolli.
 
Em anexo, segue a certidão do Ministério Público Federal atestando que não há qualquer investigação em face do candidato Gelson Merisio, assim como não há em qualquer outro órgão de controle municipal, estadual ou federal.
 
Por fim, a Coligação “Aqui é Trabalho” desafia o candidato do MDB de Michel Temer a repetir o gesto de Merisio e disponibilizar à imprensa e à população as certidões do Ministério Público Estadual, do Ministério Público Federal, da Policia Federal, do Tribunal de Contas do Estado e do Tribunal de Justiça de Santa Catarina atestando que não é objeto de investigações ou ações.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código