Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
“A administração atual vê qualquer um da oposição como seu inimigo,” diz Savian

Moisés Savian está deixando a Câmara, uma vez que terminou a licença do titular da cadeira, Amarildo Farias (PT), que se ausentou dando espaço ao primeiro suplente porque concorreu a deputado estadual.

O vereador Felício Martins (MDB) também se despediu do legislativo na sessão de terça-feira, pois Thiago Oliveira já está de volta na segunda. Não estou desmerecendo o trabalho que Amarildo ou Thiago realizam, mas tenho a dizer que um vereador como Savian faz falta na Câmara uma vez que é bastante dinâmico e exerceu mesmo o papel de oposição fiscalizando e propondo medidas como a criação da Frente Parlamentar para fiscalização dos gastos públicos.

Amarildo e Savian tiveram cinco votos de diferença (940 e 935 votos respectivamente) e ambos foram secretários na administração passada (Assistência Social e Agricultura).

Savian.jpg

Ao se despedir, na sessão de terça-feira, Moisés Savian fez algumas críticas ao executivo, uma vez que “A administração atual vê qualquer um da oposição como seu inimigo,” disse Savian. Ele ficou especialmente chateado porque visitando alguns conhecidos no interior ouviu de alguns deles que o prefeito Ceron teria dito que o programa Porteira Adentro não estava sendo efetuado por causa do vereador Moisés Savian.

Enquanto vereador estaria exigindo o pagamento de 10% por parte dos proprietários (que inclusive consta na lei que autorizou o programa). “Podem vascular todas as minhas falas nestes 57 dias que estive na Câmara que não encontrarão nenhuma referência, em nenhum momento, ao programa Porteira Adentro”, assegura Savian.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código