Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Miguelzinho ainda está aguardando o medicamento cuja compra tem de ser feita pelo estado

Os pais de Miguelzinho que aguardam a liberação de um medicamento importado e de custo elevado, estão muito preocupados porque não têm notícias de quando isso acontecerá enquanto a criança tem seu quadro agravado a cada dia.

Cada dose do remédio custa R$ 300 mil e ele precisaria de quatro doses nesta primeira fase. Embora a justiça tenha determinado que o estado e município forneçam o medicamento, a compra ainda não foi feita.

Miguel Teixeira da Luz é morador do Bairro Habitação de Lages e precisa do medicamento Spinraza, para o tratamento da Atrofia Muscular Espinhal (AME).

O procurador do município, Agnelo Miranda, observou que como a prefeitura não tem condições de desembolsar R$ 2,4 milhões, só na primeira compra e depois mais de R$ 1 milhão nas demais fases, sem comprometer as demais ações, ficou acertado que caberia ao estado fornecê-lo.

Ao que parece, o estado estaria tendo dificuldade na sua aquisição.

Terça, 08 de Janeiro de 2019 12:02
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Terça, 08 de Janeiro de 2019 12:53

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código